Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Indicando canais do YouTube

Vamos falar de coisa boa! Tem dois canais que estou adorando assistir, sempre vejo se tem vídeo novo: um é sobre a Índia e o outro sobre o Oriente Médio. Eu  nem avisei que faria esse post mas coisa boa a gente precisa passar adiante. Eu já acompanho os blogs há bastante tempo mas agora eles tem uma extensão no YouTube .

Sobre a Índia o canal é Banjara Soul. Escritora do blog Tabibito Índia (Banjara Soul) Juliana mora na Ásia há anos e agora vive na Índia mostra para a gente as curiosidades de lá e conhecimento sobre a cultura e a vida na Índia.


O canal sobre o Oriente Médio é o da Andreia Simões. Escritora do blog Conexão Oriente já viajou diversos países do Oriente Médio e compartilha com a gente todo o seu conhecimento da cultura cultura árabe. 

Sem palavras para elas, super dedicadas e fazem os vídeos com muito carinho.

Beijos!!

domingo, 21 de junho de 2015

Dançarinos de Bollywood

Só uma sugestão para os amantes de dança como eu. Por acaso assisti alguns vídeos de um grupo de dança indiana chamado Mayuri fundado em 1987 no centro de cultura indiana na Russia. São excelentes ( não poderia ser diferente, já que o ballet russo é considerado o melhor do mundo) e é o país de onde vieram muitos dos bailarinos de Bollywood. Sabe aquelas loirinhas que estão sempre ao fundo dançando nos filmes? A maioria delas são da Rússia, muita gente pensa que estão lá só para aparecer (sim, já ouvi isso) mas na verdade são todos bailarinos profissionais. O mundo de Bollywood é muito mais do que a gente ouve falar aqui no Brasil, mas no exterior existem até competições de dança indiana levadas muito a sério no Canadá, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia etc em todos os lugares que a comunidade indiana é muito grande. Vale a pena conhecer:

Leia a história aqui:
http://dancemayuri.org/history/













Abraços!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Caminho das Índias está de volta!!

Fiquei tão feliz quando ouvi dizer que nem acreditei que a novela seria transmitida novamente na TV!! Mas minhas queridas no Instagram me confirmaram e  está prevista para julho no "Vale a pena ver de novo" da Globo. Quem perdeu terá a chance de ver agora. Estou muito ansiosa!!


Abraços !!!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Trança Indiana

Esse estilo de trança indiana é tradicional do Punjab e Paquistão. Eu escrevi um post faz muito tempo sobre esse estilo de trança que sempre aparece nos filmes indianos.
Foto do Google
O nome é parandi ou paranda. É como um aplique que deixa a trança bem longa e volumosa. Dizem que essa trança um dia vai desaparecer da cultura punjabi pois agora as moças só querem coisas modernas e essa trança é ultra tradicional. As indianas passaram a usar o aplique mais em festas e casamentos. 
Pode até ser verdade, porque 3 dias atrás eu fiquei com vontade de fazer essa trança utilizando meu parandi e só encontrei 2 vídeos no youtube que realmente ensinavam como fazer.  
A minha trança não ficou nada mal para uma iniciante, ainda falta treino, mas eu achei legal!! Ainda não saí na rua com essa trança, quando eu sair com ela contarei pra vocês quais foram as reações das pessoas.


Veja alguns exemplos (fotos do Google)










Abraços!!!

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Não tem barbeiros em São Paulo

 Foi o que percebi quando procurei um barbeiro para meu marido. Na Índia os homens estão acostumados a frequentar a barbearia, e uma das coisas que meu marido mais sente falta aqui em São Paulo é isso. Até agora só encontrei 2 lugares que dizem ser barbearia, mesmo assim deixam a desejar, nada diferente do que qualquer pessoa consegue fazer em casa e por um preço muito alto.

Uma coisa que acho legal, é que o indiano sempre faz massagem na cabeça, rosto quando você vai cortar o cabelo, fazer a barba. Até na hora de fazer as unhas você ganha uma massagem no braço. E tudo isso sem preguiça e sem pressa e muito barato.

Enquanto aqui no Brasil quando levei meu marido para fazer cabelo e barba ele ficou sentado por 10 minutos. Em 10 minutos ele teve o cabelo e barba feitos, tudo na maquininha, na pressa e sem estilo nenhum. Já o levei dos salões mais baratos aos mais caros, dos salões mais antigos aos mais modernos, dos barbeiros mais jovens aos mais experientes.

Uma vez vi na TV uma barbearia (clube do bolinha mesmo, você não vê mulher lá dentro) e corri para pegar o endereço na internet pensando que dessa vez eu encontraria alguém que entendesse do assunto, eu estava disposta a dar esse presente ao marido. É uma barbearia cara que fica na Rua Augusta. Na primeira vez fizeram a barba direitinho, colocaram toalha quente no rosto, espuminha..mas na segunda vez que fomos não teve nada disso. Foi de qualquer jeito e na pressa porque tem uma fila de homens aguardando a vez então precisa ser tudo rapidinho pra ganhar mais dinheirinho.  Nunca mais voltamos e o negócio é caro pra ter barba e cabelo feitos em 10 minutos contando com o tempo que ele foi até o caixa pagar. Percebi que a cada vez que você volta o serviço é mais rápido.

Outra coisa é a dificuldade em encontrar barbeiro. Os homens não se especializam mais nisso?? Só encontro cabeleireiro e isso é bem diferente de barbeiro. TODOS os salões que fui só haviam  cabeleireiros e só sabiam fazer a barba com máquina e sem estilo. Não tinha nenhum barbeiro, ninguém que entendesse de fazer a barba. Não conhecem os diferentes formatos, qual combina com cada rosto, etc ou até mesmo um tratamento facial pós barba para aliviar a irritação.  Nem visagista entende de barba. Aqui as pessoas só sabem usar a máquina e quando terminam a barba passam uma água e pronto, pode levantar, pagar e ir embora mesmo quando não tem nenhum outro cliente aguardando a vez.

Onde estão os barbeiros??.
 Eu percebi isso pela fila que os homens faziam nesse ultimo salão masculino que levei meu marido, isso mostra que eles querem um cuidado especial mas não existe.

Veja como é na Índia:









Abraços!!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Macarrão Instantâneo Maggi proibido na Índia

A Nestlé está enfrentando um problema com o macarrão mais consumido na Índia, o Maggi Noodles. Há poucos dias a Nestlé fez um recall, ou seja, retirou seu popular Maggi macarrão instantâneo das prateleiras da Índia depois de muitos Estados proibirem a venda  do produto devido a rumores de níveis de chumbo em excesso.




A empresa de alimentos, disse em um comunicado que o macarrão é completamente seguro, mas explicou que "as preocupações infundadas sobre o produto levaram a um ambiente de confusão para o consumidor."

A empresa disse que, devido à confusão, voluntariamente "decidiu retirar o produto das prateleiras, apesar de o produto ser seguro".

Estados indianos realizaram testes sobre o macarrão, que mostravam que o produto continha superiores niveis de chumbo além do permitido, informou a BBC.

A Nestlé testou os pacotes de Maggi e descobriu que "os níveis de chumbo estão dentro dos limites estabelecidos pelo regulamento de alimentos e que o macarrão Maggi é seguro para comer", disse em um comunicado.

Fonte: http://www.independent.co.uk/news/world/asia/india-bans-popular-maggi-noodles-after-concerns-over-excess-lead-levels-10298937.html

A Nestlé publicou uma nota no site da empresa me desculpem mas usei o Google tradutor só para terem uma ideia do que está acontecendo: Leia o texto original aqui http://www.nestle.com/aboutus/ask-nestle/answers/maggi-noodles-india

Maggi Noodles na Índia

O macarrão Maggi é seguro para comer?
Temos realizado testes extensivos de nossos macarrões Maggi na Índia, além do nosso controlo regular do produto acabado e matérias-primas, que é por isso que estamos dizendo que os produtos são seguros para o consumo.

Nestlé Índia testou cerca de 1.000 lotes de macarrão Maggi em nossos próprios laboratórios e também pediu um laboratório independente para testar um adicional de 600 lotes de produtos. Estes testes totalizaram 125 milhões ou 12,5 Crore de pacotes de macarrão no total. Estes testes descobriram que os níveis de chumbo nos produtos estavam dentro dos limites de segurança alimentar especificadas pelas autoridades indianas.

Se é seguro, por que você está justificando o produto?
Na Índia nos foi pedido pelo regulador a retirarmos o produto e pararmos de vendê-lo. Na verdade, antes que a ordem fosse emitida, a Nestlé India anunciou a paralização da venda de macarrão Maggi. Isso ocorre porque  as preocupações crescentes sobre o produto levaram a confusão para o consumidor, de tal forma que a Nestlé Índia sentiu que era necessário tirar o produto do mercado, enquanto nos envolvemos em estreita colaboração com os reguladores e outros, para discutir a situação .

Você está desafiando os resultados do teste autoridades indianas?
Nós não estamos de forma alguma tentando criticar as autoridades indianas a quem, como nós, estão fazendo todo o possível para proteger o consumidor. Nestlé Índia tem mantido discussões com os reguladores para explicar nossas metodologias de teste e discutir os diferentes resultados que foram obtidos por nós e por suas equipes. Nós seguimos os procedimentos de ensaio internacionais estabelecidas pela organização Codex Alimentarius em todos os países onde operamos, incluindo a Índia. Estamos a trabalhar em estreita colaboração com os reguladores para resolver a situação.

Por que você demorou tanto tempo para retirar o produto?
O foco inicial da Nestlé Índia era de se envolver com as autoridades para compartilhar informações sobre nossos testes e entender melhor por que seus resultados foram diferentes para a empresa. A Nestlé Índia decidiu então tirar o produto das prateleiras em todo o país, tendo em conta a evolução e as preocupações recentes em torno do produto, que proporcionou um ambiente de confusão para o consumidor. 

E sobre os pacotes de noodles Maggi que tenho em casa? Eu preciso devolvê-los?
Se você está na Índia e você tem uma preocupação com um pacote que você comprou, você pode entrar em contato com os serviços aos consumidores Nestlé Índia em consumer.services.in@care.nestle.com ou pelo +91 124 412 12 12.
Se por algum motivo você não conseguir chegar até nós pelo telefone, por favor, compartilhe o seu nome, endereço e número de telefone com a gente através do email e nós entraremos em contato.

Você está tirando o produto do mercado por que você está desafiando as decisões dos estados para bani-lo nos tribunais?
Nestlé Índia deixou de vender o produto, mas já começou ação legal num Estado contra uma ordem relativa a fabricação que acredita que é ilegal.

Quando o macarrão Maggi voltará no mercado?
Estamos trabalhando duro para resolver a situação e nosso objetivo é estar de volta no mercado o mais rapidamente possível.

E sobre os países de exportar macarrão indiano Maggi também? O produto será retirado desses mercados também?
Nestlé Índia exporta atualmente pequenas quantidades de macarrão Maggi para os EUA, Canadá, Reino Unido, Austrália, Cingapura e no Quênia. Estamos a trabalhar em estreita colaboração com os reguladores de cada país para explicar a situação na Índia e, quando eles querem testar os produtos, estamos cooperando totalmente com eles. Também fabricamos macarrão Maggi em outros países e estes não são afetados pela situação na Índia.

Por que existe chumbo no macarrão Maggi?
Pequenas quantidades de chumbo estão presentes no ambiente em todo o mundo devido à contaminação do meio ambiente. As autoridades estabeleceram limites firmes para garantir que qualquer chumbo presente em um produto esteja dentro dos níveis recomendados de segurança alimentar e seguros para o consumo.
Nós monitoramos regularmente todas as nossas matérias-primas para o chumbo, incluindo testes por laboratórios confiáveis. Estes testes têm mostrado de forma consistente liderança no macarrão Maggi dentro dos limites de segurança. Além de testar matérias-primas e produtos acabados para o chumbo, realizamos uma extensa pesquisa sobre liderança e contribuimos para os esforços globais para garantir a segurança nesta área.
A segurança alimentar é prioridade número um da Nestlé. Nós fazemos mais testes alimentícios do que qualquer outra entidade do mundo e temos muitos controles rigorosos para garantir a segurança: a partir das matérias-primas que utilizamos, ao longo de processamento de embalagens. Nós aderimos aos mesmos padrões de qualidade em qualquer lugar do mundo em que operam.

Por que as autoridades encontraram MSG em seu produto quando ele diz que "sem adição de MSG" no rótulo?
Nós não adicionamos o realçador de sabor glutamato monossódico (E621) para macarrão Maggi na Índia. No entanto, o produto contém glutamato de proteína hidrolisada de amendoim, de cebola em pó e farinha de trigo. Glutamato produz um resultado positivo em um teste para a MSG.

Vocês não estavam enganando os consumidores?
Não era a nossa intenção de enganar os consumidores, mas entendemos que o resultado positivo em um teste para MSG levou a preocupação entre as pessoas que compram o produto.

Mas ao dizer "não MSG adicionado" no rótulo não estavam tentando contornar os regulamentos de rotulagem?
Não. Nós não estávamos tentando "dar a volta" nos regulamentos de rotulagem. Em resposta a preferência dos consumidores por produtos sem MSG tomamos a decisão de que, onde não foi adicionado, que deve deixar isso claro no rótulo afirmando "não MSG acrescentado". Esta é prática comum seguida pela indústria de alimentos e está em conformidade com a legislação e regulamentos comida indiana.
É claro que a nossa rotulagem levou a alguma confusão e estamos totalmente engajados com as autoridades e indústria de alimentos para resolver a situação.

O que é a diferença entre o glutamato monossódico (MSG) e glutamato?
O aminoácido L-glutamato é um dos aminoácidos mais abundantes e importantes de proteínas. Pode ser encontrada em todos os alimentos que contêm proteínas, tal como queijo, leite, cogumelos, carne, peixe, e muitos vegetais. Os níveis de aumento de sabor natural de glutamato em alimentos varia muito, mas são ricos em alimentos como tomates, cogumelos, molho de soja e molho de peixe.
Glutamato monossódico, abreviado como MSG, foi descoberto há mais de um século pelo cientista japonês Kikunae Ikeda, que deu este sabor único o nome de "umami", o quinto sabor ao lado doce, azedo, salgado e amargo. Hoje, MSG é produzido principalmente por um processo de fermentação natural que tem sido usada durante séculos para fazer tais alimentos comuns como cerveja, vinagre e iogurte.

São MSG ou glutamato inseguros?
Nenhum dos muitos estudos científicos realizados ao longo dos últimos 30 anos tem mostrado uma ligação entre a ingestão de MSG e reações adversas como "Síndrome do Restaurante Chinês". A Organização Mundial de Saúde internacional / Alimentos da ONU e comissão de avaliação de Agricultura Organização, o Comitê Científico para Alimentos da Comissão Europeia e os Estados Unidos Food and Drug Administration têm afirmado que o MSG é seguro sob condições normais de uso.
Houve algumas preocupações levantadas sobre a contribuição da MSG a ingestão de sódio através da alimentação. No entanto, a MSG contém apenas cerca de um terço da quantidade de sódio como sal de mesa (13 por cento versus 40 por cento) e assim nós usamos em produtos, em combinação com uma pequena quantidade de sal de mesa, glutamato monossódico pode ajudar a reduzir a quantidade total de sódio em uma receita por 20% a 40%, mantendo ao mesmo tempo um sabor melhorado. O nível de glutamato, por exemplo, em macarrão Maggi é de cerca de 0,2 g / 100 g, o que está próximo do nível médio de glutamato medido no mesmo tamanho da porção de tomate ou de ervilhas.

Então, se ele é seguro, por que dizem nos rótulos que nenhum MSG foi adicionado a um produto?
Em resposta a preferência dos consumidores por produtos sem MSG tomamos a decisão de que sem qualquer adição devemos deixar isso claro no rótulo. No entanto, tendo em conta a recente confusão quando o produto retorna ao mercado não conterá esta reivindicação.

O que você está fazendo para reduzir MSG?
Onde usamos MSG não estamos reduzindo-o porque consideramos os níveis de MSG que usamos para ser seguro. Nós não adicionamos MSG (E621) para nossos macarrão Maggi. Nós não estamos reduzindo as quantidades dos ingredientes naturais que proporcionam glutamato no produto uma vez que melhora o aroma e o sabor de macarrão Maggi.

Onde ligar se precisar de mais informações?
Na Índia, você pode entrar em contato com serviços de consumo em consumer.services.in@care.nestle.com ou +91 124 412 12 12 12.


Pois é, Nestlé! Tem muito o que explicar! 








Abraços! 

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Itamaraty - Mulheres em Viagens ao Exterior

Informações importantes, leia com atenção antes de se mudar para outros países : http://www.portalconsular.mre.gov.br/antes-de-viajar-1/mulheres-em-viagens-ao-exterior






Texto completo aqui: http://www.portalconsular.mre.gov.br/antes-de-viajar-1/mulheres-em-viagens-ao-exterior

Abraços!

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Dicas para fazer um bom chá/chai

Vou falar de 2 tipos de chá: o indiano que é o chá com leite ( o famoso chai) e o chá  verde que estamos acostumados aqui no Brasil.

São dicas simples mas eu não as conhecia e a partir do momento que passei a seguir essas dicas o meu chá ficou mais saboroso.

Chai é o estilo indiano servido com leite. No punjab as pessoas também falam cha como dizemos em português ( sem o "i" )portanto não pense que só o chai tem leite, pois na Índia quando dizem CHA também se referem ao chá com leite.

Eu vou usar a palavra chai pra não confundir. Ele é feito de chá preto com leite e algumas especiarias como gengibre, cardamomo, erva-doce, cravo- da -india, ajowan, erva doce, açúcar e ao sul da Índia adicionam a canela.

O chá preto da Índia é diferente do chá preto que encontramos aqui no Brasil. Aqui o chá preto costuma vir em saquinho, eu já tentei abrir o saquinho mas mesmo assim não deu certo. Então procure o chá preto solto, evite usar o chá de sachê.

Ferva a água e adicione o chá preto, e as especiarias citadas acima na quantidade que você desejar, e tantas quantas desejar. Eu não uso tudo de uma vez, às vezes uso apenas gengibre, outras vezes uso do 1 cravo da Índia e uma pitada de ajowan. Se você gosta de um chai mais escuro, adicione o cravo-da india.

Deixe ferver bem, depois acrescente o açúcar e o leite. Quando o leite levantar fervura está pronto seu chai. Coe e sirva com biscoitos.

O Chá Verde não é apreciado na Índia como o chá com leite, mas eu vou dar uma dica para quem gosta de beber esse chá: nunca ferva o chá verde pois isso deixa ele amargo.
Para fazer um chá gostoso deixe a água bem quente e coloque um pouco do chá verde, tampe a panela e espere uns 5 minutos. Você pode espremer meio limão e adoçar com açúcar ou mel.

* Deixe separado uma panela só para fazer chai porque se você usar outros alimentos na mesma panela o sabor do chai fica alterado. Na hora de lavar evite usar muito sabão.

* A mesma coisa com a xícara, não use a mesma xícara para beber café. Deixe uma reservada apenas para o chá.

*Ao fazer o chai, não ferva tudo junto com o leite. Para o sabor ser acentuado, ferva primeiro as especiarias e só depois adicione o açúcar e o leite.

Abraços!!

quarta-feira, 3 de junho de 2015

O estigma do amor virtual

Quando  você conhece seu parceiro pela internet parece coisa de outro mundo para outras pessoas e você precisa aprender a conviver com isso. Desde que me casei preciso saber lidar com alguns olhares desconfiados e perguntas capciosas. Hoje foi mais um dia assim, mas dessa vez foi um momento tenso, eu sei que em determinados momentos devemos passar por isso principalmente quando se trata de documentos de imigração, afinal é assim no mundo todo, mas fomos pegos de surpresa num interrogatório. Vou explicar:

Saí com meu marido para resolver algumas documentações, só fomos pegar algumas informações. Logo na entrada uma moça falou que meu marido não poderia ter tal documento. Perguntei a ela a razão e onde eu poderia confirmar essa informação dada por ela (documento, lei, site que me orientasse melhor) e ela disse de forma arbitrária, "eu estou falando que NÃO porque ele é indiano " (oi?? eu não sou totalmente leiga no assunto e achei estranho o motivo) Eu falei ok, mas onde posso ver essa informação através de alguém do departamento responsável? (eu não estava a fim de ouvir isso de uma recepcionista) Ela não gostou da minha insistência, claro, e me direcionou ao departamento competente. Até aí tudo bem, a resposta foi diferente e meu marido tem sim como obter o documento independentemente de ser indiano, uma funcionária falou para aguardar que o rapaz responsável viria até nós para tirar nossas dúvidas. Ele perguntou se a gente tinha certidão de casamento e meu marido tinha uma cópia. O homem segura a certidão e um documento e de repente começa a perguntar:

Há quantos anos vocês são casados?
Onde você conheceu ele? Respondi ele veio ao Brasil, conheci ele aqui.

Ele pergunta para mim, " quero saber porque vocês se casaram em tal cidade" . Eu expliquei que a gente morava em outra cidade e depois nos mudamos para SP.

Ele perguntou para mim " qual o nome da mãe do seu marido? E do pai?
Depois perguntou ao meu marido " qual o nome da mãe da sua esposa? E do pai dela?

Como vocês se conheceram?respondi:  pela internet.
Ele arregalou os olhos: "ah é?  pela internet?? E depois de quanto tempo de conversa vocês casaram?" Respondi " depois de 3 anos"

Vocês têm filhos? Não.

Essas e outras perguntas ele fez comparando com os dados da certidão de casamento se dissemos os nomes corretamente e as datas. Foi uma pergunta atrás da outra a mim e a meu marido e o homem com aquela cara de Capitão Nascimento que só faltava dizer "é hoje que eu pego na mentira". Fiquei sem chão quando sai de lá como se nós tivéssemos cometido um crime por termos nos conhecido pela internet, ou por meu marido ser estrangeiro seria o casamento mais falso do mundo. Eu sei que eles precisam fazer isso porque existem os golpes mas me senti muito mal, afinal parecia mais um interrogatório em fase de inquérito policial do que uma simples informação de balcão, falei ao meu marido " depois dessa preciso de um café bem forte". Eu pensei que esse tipo de coisa eles só fizessem quando visitavam o casal quando um dos cônjuges entrava com pedido de permanência, mas com a gente aconteceu do nada apenas num balcão de atendimento para sanar as dúvidas. Fiquei pensando, até quando passarei por isso? Depois de 4 anos de casada a cada momento preciso provar que não é um casamento de mentira? Afinal tudo isso já foi analisado a partir do momento que entramos com pedido de permanência do meu marido logo após o casamento com uma série de documentos. O que justifica fazer isso agora? Até quando vou passar por isso?

Para mim não faz diferença ter conhecido meu marido pela internet, afinal não nos casamos no escuro. Nós nos encontramos antes de marcarmos a data, ele veio ao Brasil e depois de um mês que ele chegou no Brasil nos casamos. Eu conheço cada olhar do meu marido até o jeito de andar e ainda preciso provar que somos um casal de verdade? Tem gente que se casa depois de um mês de namoro e tem gente que se casa depois de 10 anos e o tempo de relacionamento não justifica nada, pois um casamento falso não dura mais que meses. O fato de termos namorado há distância não faz nosso amor e nosso relacionamento menos verdadeiro do que os outros, mas quando falo como nos conhecemos, a desconfiança aumenta, pois eu vejo pelos olhos arregalados daqueles que escutam a palavra "internet".

Não dá pra negar que o futuro de muitos relacionamentos será através da internet , pois ela tem aproximado pessoas cada dia mais.

Mesmo assim muitos duvidam dos relacionamentos que começaram virtualmente e não importa há quanto tempo vocês estão vivendo juntos e a internet virou coisa do passado para vocês. 

Até quando aqueles que se conheceram pela internet serão estigmatizados?



terça-feira, 2 de junho de 2015

O Mundo Segundo os Brasileiros - ÍNDIA

Encontrei duas temporadas do programa exibido na Bandeirantes "O Mundo Segundo os Brasileiros" que mostram Nova Delhi e Mumbai. Eu lembro que assisti na TV mas deixo aqui para quem ainda não viu, ou quiser assistir novamente como eu fiz!  Interessante que pela primeira vez em algum programa de televisão brasileiro podemos ver um pouco sobre os sikhs. 

Nova Delhi - Completo

Mumbai - Completo

Abraços!!