Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Sikhs que vivem no Irã




O Irã se tornou conhecido como uma terra de diversidades culturais e por tal motivo numerosas tribos e comunidades foram morar nesta terra. Eles migraram de outras partes do mundo e viram o Irã como uma pátria pacífica e a consideraram como própria.

Gurdwara Sahib (Teerã) foi fundada em 1941 por Ganga Singh Bhai Sabha. Como o Paquistão ainda não existia, o Irã, Afeganistão e India eram vizinhos, por isso muitos sikhs saíram da India porque o Irã era visto como um país promissor e vivem lá há mais de um século.

Celebrações religiosas incluem orações de manhã e à noite e também Langar toda sexta-feira. Serviços comunitários incluem uma escola (o ensino Punjabi e Dharmik são partes integrantes do currículo). Há cerca de 800 membros da comunidade Sikh vivendo de forma pacífica, dizem se sentirem seguros no Irã e estão felizes com o governo. Não enfrentam nenhum tipo de problema e consideram o irã uma pátria-mãe.


Agora uma Teoria da Conspiração interessante sobre Sikhs iranianos:

Semelhança entre o "Khalsa" símbolo e bandeira iraniana, é uma suposta forma caligráfica da palavra "Alá". Esse símbolo foi escolhido pelo aiatolá Khomeini. Avô de Khomeini era um imigrante da Índia, e teve o sobrenome "Hindi". Assim, há sempre uma reivindicação feita por inimigos de Khomeini de que seu avô era um sikh e que ele também seria um sikh "disfarçado". E as semelhanças entre os dois símbolos é supostamente uma prova disso.

Um fato curioso que aconteceu comigo, nunca prestei atenção na diferença dos dois símbolos antes. Daí que um dia eu vejo um carro na rua com um adesivo (aqui em São Paulo mesmo) e gritei: "Olha, um sikh!!" E fiquei toda feliz pra saber quem era esse sikh, e meu marido falou que não, não era um sikh e esse símbolo era ligado ao islamismo. Eu fiquei pensativa pois achei tão parecido com o Khalsa e na hora não vi nenhuma diferença. Ambos seguem religião monoteísta. Hoje encontrei as imagens e coloco pra vocês. Mas ainda não encontrei respostas. Seria qualquer semelhança uma mera coincidência?

Brasão de armas da Bandeira do Irã.

Khalsa - Sikh


Bandeira do Irã







Brasão de armas Sikh




4 comentários:

  1. Salam Star! Como vi o nome do Irã aqui não poderia deixar de comentar. Nem eu sabia que existiam sikhs nas terras da Pérsia! E que belo sotaque eles têm... Posso pedir sua licença para reblogar essas informações, sem incluir seu episódio pessoal, mas com os devidos créditos?

    Beijos!
    Jana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salam Jana!! Eu vi essa notícia já lembrei de você!! Eu também não imaginei que haviam sikhs por lá! Também gostei do sotaque, depois que você falou, parei pra prestar atenção e é realmente belo!
      Fique à vontade para repassar e fazer modificações que achar necessárias! Beijos!!!!

      Excluir
  2. Amigaaaa, tive uma idéia!
    Para diferenciar ambos os símbolos, basta imaginar que o Brasão de armas da Bandeira do Irã tem uma espada invertida ao centro, indicando para baixo! Enquanto que o Brasão de armas Sikh tem uma espada ao centro apontando para cima! E aí gostou? hahaha Beijos! Paloma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo!! hahaha Realmente esse simbolo para cima e para baixo é o melhor para identificar. Do contrário fica parecendo um jogo dos 7 erros kkkkk
      Depois de um tempo será possível distinguir logo de cara, mas no começo é preciso esses truques!!
      beijos!!!

      Excluir