Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Até onde seguir a cultura do outro?

Eu acredito que a partir do momento que colocamos o pé em outra cultura, nós devemos no mínimo aprender a aceitá-la, do contrário a convivência vira uma tortura.

Geralmente a mulher se esforça mais para seguir a cultura do homem que ela ama. Vejo um monte de mulheres que mudam a forma de se vestir, a forma de agir, a religião, ou qualquer outra coisa que a faça se sentir mais próxima daquilo que ela sonha para ela.

Eu mesma mudei muito depois que conheci meu marido. Antes mesmo de nos encontrarmos pela internet eu comecei a assumir aquilo que eu mais admirava sem me importar com a opinião alheia. As roupas foram as primeiras coisas. Depois passei a me interessar mais pela religião, pela cultura e estilo de vida.

Até que um dia, sem perceber eu estava 100% dedicada à cultura indiana e praticamente deixei meus costumes brasileiros de lado. As pessoas até pensavam que eu era indiana, mas eu não tinha intenção de parecer, foi algo que aconteceu naturalmente. Mas eu estou morando no Brasil e não na Índia. Eu sou brasileira e não indiana. Por mais que eu admire muita coisa não posso negar minhas raízes, meu jeito espontâneo de ser, de dar uma gargalhada bem alta sem me importar com os outros, ou soltar um palavrão quando algo me irrita profundamente. Não posso negar que tenho o jeitinho da mulher brasileira que é doce mas sabe levantar a voz quando necessário ou que sabe ignorar o mundo e fazer o que tem vontade.

Pois bem, eu estava me esquecendo disso...até que meu marido abriu meus olhos..um dia ele falou, "onde está aquela blusa que você usava quando a gente se falava pela internet...onde estão aqueles brincos grandes de argola que você usava sempre? "

Isso me gerou um grande conflito interno. Sabe o que eu achei? Ele procurava aquela Star que ele havia conhecido na internet e ele não encontrava mais. Ele procurava aquela estrangeira branquela de cabelo loiro com franjinha que usava calça jeans, camiseta e salto alto com um par de brincos grandes de argola dourada. 
Mas ele via uma mulher que vestia uma bata indiana, sapato indiano, bindi, todos os dias e mais um monte de coisa que remetia outra pessoa e não àquela por quem ele se interessou antes. 
Pode parecer bobeira mas não é. Pois o que me realizou foi ver que meu marido era exatamente como eu via nas fotos, com o mesmo estilo, mesma personalidade então é claro que ele também esperava pelo mesmo.  Pensei, ele está certo porque ele se casou com uma estrangeira e não com uma indiana. Ele quis uma gori na vida dele. Eu é que me transformei tanto! Da mesma forma que gosto dele com turbante e barba por fazer ele deve gostar de me ver como a gori que ele conheceu na internet.

Voltei a usar minha calça jeans com camiseta, meu salto alto, voltei ao meu estilo de antes. Misturo meus estilos, um dia banco a indiana (sou fanática pelas roupas e acessórios) e no outro dia sou a mesma gori de sempre.

Às vezes a gente muda tanto sem ter a necessidade disso, sem perceber. E olha que vejo muitas mulheres nessa situação, mudam tanto que quando vemos uma foto antiga nem parece se tratar da mesma pessoa. Dizem que algumas pessoas seguem tanto a nova cultura que se anulam. Será que é isso mesmo? Será que eu estava me anulando?
Muito confusa..



2 comentários:

  1. Sat Sri Akal star JI

    Eu não acho que seja anulação, comigo também aconteceu e nao me sinto anulada porque o meu marido nunca exigiu que mudasse de estilo mas eu mesma aos poucos fui mudando... Interessante que também já me aconteceu depois de usar tanto punjabi suit aqui na India no outro dia o meu marido me disse: "nunca mais usaste as tuas roupas que usavas em Londres, porque nao?" Entao no dia seguinte lá me vesti com as minhas roupas e ele falou que eu parecia mais nova, mais fresca! Eu acho que parecia comigo mesma hehheehh tenho usado uma ou outra coisa e tenho me sentindo bem :) mas claro por ser aqui na India condiciona muito, não posso usar meus vestidos que gosto tanto...

    ResponderExcluir
  2. Olá Star, achei muito interessante seu post! Essa mudança é bem natural mesmo, e concordo com Claudia que não é anulação mas algo que se aproxima mais conosco. O bom é que você está se alternando!
    Um Abraço,
    Aminah Luiza
    Ps, estou te seguindo no Instragam,

    ResponderExcluir