Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Diferenças culturais: Na América, dizer "obrigado" é rotina. Na Índia, pode ser um insulto.

Eu sempre digo que as diferenças culturais estão nas pequenas coisas e podem virar uma bola de neve caso não sejam esclarecidas. Um pequeno detalhe mal entendido pode acabar com uma amizade ou até mesmo um relacionamento.

 Ao nosso estilo ocidental pessoas educadas dizem "por favor" , "obrigado" ou "de nada" para qualquer coisa. Nós brasileiros dizemos obrigado e de nada o tempo todo. Dizemos "por favor" para deixar claro que não somos rudes.

Muitos indianos não tem esse costume, e se você está mais adaptado(a) à cultura possivelmente já ouviu de algum indiano "ohh não, você não precisa dizer (obrigado) porque sou seu amigo" ou "não precisa me  pedir (por favor), porque estou fazendo de coração e não estou te fazendo favores".

Outro dia um amigo brasileiro de meu marido pediu desculpas a ele porque desmarcou um compromisso. Meu marido rapidamente respondeu "não me peça desculpas, você é um irmão(amigo) mais velho, e o irmão mais velho não pede desculpas ao mais novo". O homem ficou surpreso.

Aqui no Brasil meu esposo não tinha o costume de usar "obrigado", "de nada", "com licença" e "por favor" a cada cinco minutos e isso não fazia dele uma pessoa rude. Mas no Brasil as pessoas poderiam pensar que sim. Ele simplesmente não sabia o quanto isso é importante no nosso dia-a-dia.  E ele achava estranho quando eu dizia "obrigada" a ele por apenas um copo com água. Tão logo o aconselhei a usar essas palavras mágicas para ter um bom relacionamento no nosso país e até mesmo evitar discussões porque eu disse a ele que brasileiro se sente ofendido quando não escuta "por favor" , "obrigada", "de nada" ..

Um amigo já chegou a nos dizer que achava os indianos arrogantes no avião pela forma que eles pediam serviço de bordo como se estivessem dando ordens. Na mesma hora perguntei a ele se essa impressão aconteceu porque eles não usavam "por favor" e ele disse que notou isso. Então expliquei que os indianos não tem esse jeito de pedir as coisas e isso não significa que eles sejam pessoas rudes ou arrogantes, trata-se apenas de uma diferença cultural. Eles não fazem voz manhosa ao pedir algo, eles pedem e pronto.

Eu traduzi o relato de um indiano (achei fantástico, nada melhor do que um indiano para explicar isso) que vive nos Estados Unidos da América. Procurem entender que para eles isso também é difícil porque a cultura ocidental é muito diferente da oriental e aquela impressão de arrogância pode ser um mal entendido facilmente resolvido quando você amplia seu conhecimento.

Por Deepak Singh:

"Na América, dizer obrigado é rotina. Na Índia, pode ser insulto.

Eu tenho vivido nos Estados Unidos por mais de uma década, e agora digo "obrigado" cerca de 50 vezes por dia. Na maioria das vezes, eu faço isso sem pensar. Eu falo "obrigado" ao motorista de ônibus que me leva do ponto A ao ponto B, juntamente com outras 20 pessoas. Ele normalmente nem me escuta. Eu falo obrigado ao caixa na loja de café. Eu digo muito obrigado para o estrangeiro que mantém a porta aberta para mim em um restaurante. Eu agradeço a minha esposa e minha filha de 5 anos de idade,  várias vezes ao dia para várias coisas: por abaixar ou aumentar o volume da televisão, deixar o interruptor de luz ligado ou desligado,  perguntando se eu quero comer algo ou fazer algo com eles.

Quando me mudei para os Estados Unidos, levei algum tempo para me acostumar. Eu não sabia que eu deveria agradecer a alguém que aceitava meu dinheiro no caixa assim que eu comprava alguma coisa. Eu não sabia que eu deveria agradecer as pessoas quando elas perguntavam "como vai?" (e quase todo mundo que passa por mim diz "oi, tudo bem?"). Eu não tinha ideia de como eu deveria responder ao policial que me deu uma multa por excesso de velocidade e, em seguida me disse: "Obrigado, e tenha um bom dia."

Eu cresci na cidade indiana de Lucknow, em uma cultura na qual dizer obrigado não é dito com facilidade. Eu aprendi a dizer obrigado em Inglês na escola primária, e quando eu agradecia a qualquer um, eu dizia isso em Inglês, pois era menos complicado e mais casual do que fazê-lo em hindi. Eu deixava meu agradecimento para aqueles que tinham feito enormes favores para mim. E raramente eu agradecia meus amigos ou colegas de classe. Quando eu agradecia,  sorriam ironicamente para mim ou interpretavam o ato como uma espécie de piada-uma forma lúdica de praticar o Inglês. Eu nunca agradeci os meus pais para qualquer coisa. Na língua Hindi, nos gestos e cultura, todos os dias há um entendimento tácito de gratidão.

Dizer dhanyavad, ou "obrigado" em hindi, é quase sarcástico. Parece inadequado. Quando eu agradeço alguém em Hindi, eu preciso olhar a pessoa nos olhos. Se quiser dizer Dhanyavad  a alguém sem olhar para ele ou ela é melhor não dizer. Quando criança, eu nunca ouvi ninguém da minha idade dizer obrigado em hindi. Eu ouvi meu pai dizer dhanyavaad para pessoas de sua idade, mas ele fez isso o mais sincero que pôde, com as mãos juntas na frente de seu peito no gesto solene de namaste. Ele não quis apenas agradecer a alguém por algo, mas pediu uma oportunidade de retribuir o favor. É assim que eu passei a entender expressões de gratidão.
                                         
Nos Estados Unidos, por outro lado, dizer obrigado geralmente marca o fim de uma transação, o fim de uma conversa, um fim para uma interação. É como um período final de uma frase. Só nos Estados Unidos as pessoas dizem obrigado por você ter vindo em suas casas ou partido. Inicialmente fiquei surpreso quando as pessoas me agradeciam por visitar suas casas quando elas tinham me convidado, mas depois eu soube que, "Obrigado por ter vindo à minha casa" realmente quer dizer, "É hora de você sair minha casa."

Dizer obrigado em Hindi é como ingressar em um ciclo de troca, criando a possibilidade de um novo relacionamento.

Depois de me mudar para a América, eu precisei de vários anos para agradecer as pessoas sem o real significado disso. Colocar "obrigado" na ponta da minha língua, pronto para fugir a qualquer momento, em vez de extraí-lo do fundo do meu coração, foi uma das mais difíceis lições de idioma que eu tive que aprender nos Estados Unidos.

Eu cometi o erro de dizer a meu tio: "Obrigado por me convidar" antes de sair de sua casa. Ele estava cheio de desgosto.

Agora, quando eu viajo para a Índia, muitas vezes eu ofendo as pessoas dizendo obrigado a elas. Em uma recente viagem para casa, fui convidado para a casa de meu tio para o jantar. Ele tem sido um pai para mim, me ensinando muitas coisas e me aconselhando em cada etapa da minha vida. Quando criança, eu passei mais tempo em sua casa, e tinha minhas refeições lá mais do que na casa dos meus pais. Naquele dia, eu cometi o erro de dizer-lhe, em Inglês, "Obrigado por me convidar" antes de sair de sua casa, e percebi a importância de minhas palavras somente depois que saíram da minha boca. Ele não respondeu, mas eu vi sua expressão azedar. Ele estava cheio de desgosto. Eu não poderia mesmo pedir desculpas para agradecer-lhe. O estrago estava feito.

Na Índia, as pessoas, especialmente quando são pessoas mais velhas, parentes ou amigos próximos, tendem a sentir que, ao agradecer-lhes, você está violando a sua intimidade com eles criando formalidade e  distância que não deveriam existir. Eles podem pensar que você está fechando a possibilidade de confiar um no outro. Dizer dhanyavad a estranhos ajuda a iniciar um ciclo de troca e de familiaridade. Mas com a família e os amigos, dhanyavaad pode esfriar as relações porque você já está íntimo e em um ciclo de troca. E poucas coisas podem ser mais dolorosas do que terminar um relacionamento.

Obrigado por ler esta descrição. Deixe-me garantir que eu realmente quero dizer isso, mas que também eu não quero ofender. Dhanyavaad.


Então, pessoal, compreensão não faz mal a ninguém. Por isso não devemos julgar pessoas de diferentes culturas e exigir delas um comportamento igual ao nosso sem saber o que realmente se passa no coração delas. Às vezes aquela pessoa que parece arrogante  não encontrou alguém capaz de ajudar, explicar, esclarecer. 


Abraços! 

17 comentários:

  1. Nossa, nunca tinha me dado conta disso Star haha sempre falo obrigada com meu amigo indiano e ele sempre diz:Você não precisa me agradecer. e ele seempre diz isso e nunca pensei que fosse insulto haha coitado vou parar de agracecer:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe pois é comigo também acontecia. Não é exatamente um insulto mas para eles é desnecessário, pois o "obrigada" é algo formal para eles. Não precisa Se preocupar, com o tempo ele passará a entender que é uma forma educada!

      Excluir
    2. Depois vou explicar pra ele haha brigada :)

      Excluir
    3. Depois vou explicar pra ele haha brigada :)

      Excluir
    4. É verdade que ao inves de pedir desculpa os Indianos mandam beijos ? Hahaha

      Excluir
  2. Eh verdade, Star!!Otima observacao! Mas, confesso que ate hoje eu ainda sinto muuuita falta dos cumprimentos. Deve ser porque alem de ser brasileira, morei anos no Japao, onde cumprimentar eh quase uma obrigacao. Confesso que ja nao fico tao brava, mas ainda me incomoda entrar no elevador no meu predio e ninguem dizer "Bom dia". Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo você, eu também aprecio os cumprimentos, e não gosto de gente que entra muda e sai calada dos elevadores !! Isso ajuda no convívio social, pior ainda é o povo que te deixa falando sozinha, você diz "bom dia" e a pessoa não responde.
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá Star,nossa é desse jeito mesmo.Você acaba de desvendar um mistério.Ultimamente eu estava meio chateada com meu amigo indiano justamente por causa dessa questão.Eu não conseguia entender como uma pessoa poderia ser tão carinhosa e "arrogante" ao mesmo tempo,pois sempre agradeço,peço por favor,essas palavrinhas mágicas que usamos e ele vez em nunca faz uso dessas expressões.Outro dia quase que eu ia perguntando a ele chateada,porque ele nunca me agradecia e me falava alo parecendo que estava me dando ordens e não fazendo um pedido rsrs.Agora estou entendendo tudo.Muito obrigada Star.Nunca imaginei que essa questão envolvesse questões culturais.Amo seu blog Star.Deus continue te abençoando.Obrigada! hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Flávia!! Pois é viu só como essas pequenas coisas podem colocar tudo a perder? Kkk eu aprendi na marra, no começo foi muito difícil, eu também tinha a impressão de ordens e não de favores . Podemos ver também nos filmes como se expressam , parece que estão sempre brigando mas não estão rsrsrs
      Beijos !

      Excluir
  4. eu me daria super mal, por que é de mim da minha ser "educada" e sempre falo por favor, com licença, obrigado e nao á de que, é um costume meu eu falo obrigado pra tudo é natural na loja que trabalhava era identificada como a menina mais educada, é cutural e mania tbm igual tenho a mania de cumprimentar uma pessoa toda vez q passo por ela posso dar 20x bom dia e se nao dou fico constrangida pensando q a pessoa pode me achar mal educada rsrs
    quando eu morava em predio e tinha o porteiro e evitava sair muitas vezes de casa no mesmo dia pra ele nao achar q eu sou louca por cumprimenta-lo a toda hora
    mas é caractestica da minha personalidade sou assim des de pequena, eu sempre pedia pra minha mae quando pequena se podia beber água ou ir no banheiro, isso ja com 7/8 anos de idade kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ! Continue assim! Como diz meu pai, " melhor errar pelo excesso de educação do que pela falta dela."
      Beijos !

      Excluir
  5. Essa experiência passei com meu namorado indiano , ele me corrigiu e pediu para que parasse de falar "obrigada " mas agora eu já estou acostumada e ele também já está acostumado a ouvir meus obrigadas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Devemos equilibrar as duas coisas e que bom ele ja está se acostumando com seu jeito também!
      Beijos !

      Excluir
  6. Haha! Eles realmente nao gostam... Sou a prova viva! Agora entendi o porque. Adorei, bjo!

    ResponderExcluir
  7. Muito bom aprender de outra cultura.obg.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom aprender de outra cultura.obg.

    ResponderExcluir