Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Roupas Tradicionais da Índia e Diferenças Regionais - Parte 1

As roupas femininas na Índia variam muito e estão intimamente relacionadas com a cultura local, religião e clima.
As roupas indianas tradicionais femininas são saris, kameez e também Ghaghra Cholis (lehengas).

Para os homens, as roupas tradicionais são o Dhoti, Lungi ou Kurta entre outros. Mumbai, antes conhecida como Bombaim, é uma das capitais da moda da Índia e nos vilarejos da Índia as roupas tradicionais são mais usadas. No Sul da Índia, os homens usam  tecido longo chamado dhoti em Hindi e Bengali e conhecido como veshti em Tamil. Sobre o dhoti, os homens usam camisas, t-shirt, ou qualquer outra coisa. Também muito comum em xadrez.
Alguns exemplos de dhoti:
google

www.ramrajcotton.in

www.rajavivaha.com


As mulheres usam o sari, um longo tecido colorido colocado sobre uma blusa simples ou sofisticada. O sari é usado pelas mulheres jovens e senhoras. 


As meninas usam pavada. A pavada é uma saia longa com uma blusa. 
www.maebag.com

www.stylepinner.com


  Churidar, Dupatta, Gamcha, Kurta, Mundum Neriyathum e Sherwani também são variados estilos de roupas.

Conhecida pelos seus têxteis, tecidos à mão,  ricamente bordados em desenhos exclusivos tem sido apreciados pela civilização ocidental durante séculos. Homens e mulheres indianos sempre gostaram de vestir seus trajes tradicionais e acessórios durante as festas e outras ocasiões que são parte integrante da vida indiana. Recentemente, trajes indianos têm sido bem sucedidos em atrair o mercado global.

O vestuário indiano passou por diversas influências culturais. Dizem os historiadores, que o sari remonta a civilização do Vale do Indo, que floresceu em 2800-1800 aC, na parte norte-ocidental da Índia. Na verdade, estudos mostram que o dhoti dos homens é um protótipo do sari e ambos os sexos usavam  essa vestimenta até o século 14. Acredita-se que o choli,  a blusa da mulher usada por baixo do sari, passou a existir a partir das várias potências coloniais europeias que ocuparam  grande parte do subcontinente indiano. Os britânicos influenciaram as roupas femininas em grande medida. Senhoras indianas da alta sociedade começaram a usar blusas de mangas compridas muito semelhante às do vestuário da rainha Vitória.

www.bbc.com

www.bbc.com
Os historiadores dizem que o achkan, um casaco de mangas compridas e botões usado principalmente por homens muçulmanos ainda hoje, se originou na Ásia Central, mais especificamente, era o traje para os nobres persas e turcos. O achkan pode chegar até os joelhos ou abaixo deles.
www.pinterest.com

www.fabgala.com

www.pinterest.com

O Sari

O sari é a roupa tradicional de uma mulher indiana. É um longo tecido que varia de cinco a nove metros de comprimento e pode ser usado em diferentes estilos. O sari é usado sobre uma saia e uma blusa-descobrindo barriga e tem manga curta. O estilo mais popular de usar um sari é dobrando uma extremidade  na cintura enquanto uma grande parte dele é plissado ordenadamente e dobrado na frente. O resto do sari, que é conhecido como o pallu ou Pallav é colocado sobre o ombro esquerdo. O pallu é a característica mais fascinante e impressionante de um sari, muitas vezes é fortemente embelezado com pedrarias ou bordados no tecido.

nomadicdecorator.com

baggout.com

No entanto, esta autêntica peça de vestuário indiana perdeu um pouco de sua popularidade com a influência da mosa ocidental. As roupas ocidentais fizeram uma incursão no guarda-roupa da mulher indiana devido a uma mudança no estilo de vida e rápida globalização de uma cultura corporativa emergente. Hoje as mulheres preferem usar roupas que oferecem facilidade de movimento, além de estilo. Além disso, com o boom na indústria de varejo indianos, existe uma maior variedade de opções e as mulheres são cada vez mais vistas no designer de roupas de estilo ocidental.






Na segunda parte, conheceremos os diferentes tipos de sari.

Abraços!

2 comentários:

  1. Ai que lindo post! Eu fico admirada com os saris, acho lindo mesmo! Vc acha que seria desrespeitoso se eu usasse mesmo nao tendo nenhum parente indiano? Eu acho de fato muito muito lindo mesmo! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que aula de história Star! incrível e lindo!:)
    Star como tinha pedido e você liberou(obrigada mais uma vez) reproduzi seu texto sobre umectação indiana no meu blog, tenho certeza que vai ser um sucesso seu texto:) se quiser dar uma conferida, ta aqui o link http://delineadablog.blogspot.com.br/2016/02/umectacao-indiana-crescimento-e-forca.html
    Obrigada:) beijos

    ResponderExcluir