Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cansada

Não gosto de enrolar quando pretendo dizer o que sinto então vim contar que cansei de comentar em vídeos, blogs, ou qualquer coisa de internet. Tenho argumentado com tanta gente chata, arrogante, ignorante e estúpida, que não tenho mais vontade de participar de nenhum comentário.

Às vezes vejo um comentário em canal de Youtube ou qualquer outra coisa e penso em expor minha opinião ou dividir minha experiência, mas sempre recebo dos viewers resposta ácida, irônica de gente pretensiosa que não sabe ler ou ouvir uma opinião contrária. Não dá certo.

Pessoas que se preocupam demais com a vida alheia e só querem atacar, ridicularizar o próximo. Ninguém mais sabe desenvolver uma conversa saudável com diferentes pontos de vista na internet. Simplesmente atacam como animais. Sinto ojeriza a essas desocupadas donas da verdade. Cansei de desperdiçar minha energia com pessoas negativas. Cansei de desperdiçar meu tempo com essa gente fria e vazia. 

Outro dia vi uma mulher deixar um comentário no youtube de que esposas de indianos são tratadas como "princesas"por maridos que não as deixam trabalhar. Saiba mais no blog https://tabibitosoul.com/2016/11/12/as-princesas-perdidas/ 

Outra pessoa veio questionar minha idoneidade porque não uso fotos dizendo que a plataforma que uso "exige" isso, além de ter uma lista com outros blogs melhores e as mulheres usam foto. Quem é ela para dizer como devo ser? Chegou agora e já quer mandar? Tem gente que segue o Café com Chai há anos e nunca reclamou e essa moça pegou o trem agora e já quer sentar na janela. Faça-me o favor!

O que cansei é justamente isso: conversar com pessoas que se acham melhores do que os outros.

Preciso me afastar desses vampiros sugadores de energia. Essas pessoas não tem nada de bom a oferecer, não tem nenhum conselho bom para dar, não tem coisas boas para dividir, não tem conhecimento para dividir, nem histórias para contar então para quê ficarei nesse círculo?

Elas não querem fazer amizade e trocar experiências, só querem atacar, por isso não é bom ter contato porque elas dispersam a energia negativa delas para cima da gente e sugam a energia boa que nós temos. E assim elas sobrevivem pois se elas não tem nada de bom para dar precisam tirar de alguém.

São pessoas que só comentam em canais de quem se relaciona com indiano, árabe, turco e se você tenta desenvolver um diálogo elas te atacam como uma cobra ataca para se defender. Elas estão sempre na defensiva e só sabem destilar veneno. Nem aquelas senhorinhas que colocam a cadeira na calçada para falar da vida alheia são tão maldosas.

O bom disso tudo é que não é o perfil de quem acompanha blog e gosta de ler, afinal, essas sugadoras de energia não tem paciência para ler. Realmente a leitura transforma o ser humano para melhor, pena que são poucos em comparação ao número de pessoas que não se interessam pela leitura, mas são esses poucos  que fazem valer a pena continuar a escrever!

Continuarei aqui no blog e instagram.

E a plataforma que uso não exige fotos. Ela exige cordialidade e respeito.



12 comentários:

  1. Concordo, Star! Eu tambem nao tenho paciencia com gente grossa e venenosa e, na mesma hora, ja bloqueio do meu canal. No meu blog, nao da tanta gente encrenqueira, mas no canal, volta e meia aparecem umas figuras dessas. O bom eh que os outros inscritos tambem nao ficam satisfeitos com estas pessoas e as colocam para correr. O mais importante e gratificante eh que nossos canais servem de informacao a muita gente que quer aprender mais sobre uma nova cultura e esta aberta para as diferencas. Seu blog me ensinou tanto....era a minha base antes de vir a India!! E, hoje...eis me aqui! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei feliz quando você disse que leu o Café com Chai antes de ir à Índia!! Obrigada!!! Sabe, o canal é uma fonte de informação essencial, a gente sente que interage mais, é muito bom ouvir a voz, parece que estamos mais perto. Além disso, tem coisas que não conseguimos expressar com tanta firmeza na escrita e é aí que o canal entra. Eu mesma já pensei várias vezes em abrir canal porque conseguiria me expressar melhor. E, quando procuro informações além da leitura, tenho o Youtube como grande aliado.

      De agora em diante, só comentarei de maneira individual e não participarei de conversa nenhuma..porque o povo já vem com pedras para atacar. Gente sem noção!! kkk

      Beijos!!!

      Excluir
  2. Oi, Star, tudo bem? Então, eu vi os comentários que lhe questionaram, vi os comentários que questionaram Juliana, estou ainda acompanhando as agressões que uma menina que namora um indiano está sofrendo, apenas por ser de cor escura. E eu mesma já sofri esse tipo de agressão, por ser considerada feia, uma negra velha, e não ter mais direito de conhecer um homem indiano. Inclusive a tal hater que me atacou tinha um nome e agora circula com outro nome. Ela é uma das que lhe questionou recentemente. Sei disso porque relendo os meus comentários onde ela interferiu, vi que tinha trocado o nome. Com surpresa eu a encontrei circulando no canal de Joyce e Banjara, soltando o veneno dela, inclusive contra você. Minha história é: Eu tenho um amigo indiano. UM AMIGO. Nunca me deslumbrei dizendo que era meu namorado, que eu iria para a Índia casar com ele, etc, pois não sou o tipo padrão dos homens indianos, até mesmo pela idade. Mas ficamos amigos e eu tive a curiosidade de conhecer sobre esse país, sua cultura, sua gente. Eu não sabia nada da Índia, até conhecer esse rapaz, que já é maduro também. Seu blog, o canal de Banjara, Tabibito Soul, entre outros blogs, me deram informações valiosas sobre a Índia. Obrigada a vocês! Eu gosto de comentar em QUALQUER canal, no FB, MSN, etc. Gosto de brincar e falar, pois é da minha natureza. Procuro não ofender ninguém e peço perdão se alguém um dia se ofendeu com minhas palavras. Assim, eu comecei a comentar num desses canais sobre essa amizade, levando mais na brincadeira, já que meu caso não é uma história de amor. Meses atrás essa 'vampira sugadora de energia', como você bem definiu, apareceu no meu caminho. Entre tantos outros comentários até mais interessantes que o meu, a vampira me escolheu para zoar. Começou a me chamar de tia, eu tinha cara de dá pena, dó, ingênua, ridícula, mentirosa, fantasiosa, etc, etc. Tentei confrontar mas desisti para não envolver inocentes no meio. E saí do canal para não receber notificações sobre os comentários da peste. Desde então, tenho acompanhado em silêncio, pois já virou um hábito ler sobre a Índia. Como você mesma disse, é desgastante. A criatura tenta humilhar, diminuir, arrasar com a pessoa. Num dos comentários recentes que li, a vampira disse ter um namorado indiano. Então, não entendo tamanha inveja, tamanho ódio contra mulheres que se aproximam de indianos, tamanha necessidade de ridicularizar quem tem algum relacionamento com indianos. Uma coisa que observei e é uma dica para vocês: há VÁRIAS pessoas fazendo esse tipo de comentário depreciativo e invasivo, mas os TEXTOS SÃO OS MESMOS. As palavras usadas, o raciocínio, os sinais usados, são OS MESMOS. E eu estou achando que é apenas UMA pessoa abrindo várias contas com nomes diferentes, apenas para fazer esse tipo de ação. Eu gostaria que essa criatura do mal fosse penalizada, mas parece que é meio difícil. Para a infelicidade dela minha amizade com meu amigo indiano está mais forte ainda, até estamos mais próximos. Só ela que perdeu, pois ficou com fama de mau e atraiu grande energia negativa contra ela. Fica na paz, Star! Continue com seu blog que é muito legal e muito informativo, e Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Eu também já vi comentários maldosos que essa pessoa te fez, e também acompanhei essa da menina. Curioso que essa pessoa tem tempo de questionar a vida alheia.

      Adorei saber que você também percebeu: a escrita, as palavras usadas, a forma de se expressar e argumentar, o raciocínio são os mesmos!!! Também acho que é apenas UMA pessoa!!

      Incrível que poucos dias atrás eu disse a mesma coisa para uma amiga, que eu desconfio que esses perfis sejam da mesma pessoa justamente por esses detalhes.

      Agora ela abriu um perfil que só escreve com "....agora....ela...etc..." achando que vai dar alguma diferença mas ela não sabe que o raciocínio é o mesmo. Inclusive ela gosta de perguntas retóricas, usa muito o "curioso, não?" ou "que estranho, não?.." e toca muito no assunto de dinheiro. Ela sempre fala de dinheiro, de salário de indiano etc. Então quando a gente lê e não presta atenção no nome, já percebe que é a mesma pessoa.

      Essa pessoa é frustrada porque dedica grande parte do dia dela questionando a vida alheia.

      Que bom você está bem com seu amigo indiano, e que essa amizade se fortaleça cada dia mais!!

      Obrigada, flor! Também estou acompanhando em silêncio e só conversarei com pessoas do bem. Não vale a pena dar atenção para gente doida.

      Não deixe de me visitar aqui!

      Beijos e Deus abençoe você também!

      Excluir
  3. Olá cheguei agora não sei se você já falou nisso. Mas você poderia recomendar filmes indianos que retrarem a cultura do país ou alguns bons filmes de bollyood? Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Seja bem vinda (o)

      Tem uma coluna no canto direito do blog onde dá para selecionar por assunto, tem um marcador "filmes online". Lá eu recomendo alguns filmes, eu gostaria de indicar muito mais, mas de todos os que já assisti e adoraria recomendar, são poucos os que encontro com legendas para vocês. É uma pena.

      Obrigada pela sugestão! Atualizarei esse tema assim que souber de mais filmes.

      Abraços

      Excluir
    2. E obrigada pelo elogio sobre o blog!!

      Excluir
  4. Pois é Star, a internet virou esse tribunal delirante, cheio de juízes, carrascos e verdades absolutas e ativismos passivos e hipócritas. O senso de humanidade e empatia virou exceção quando deveria ser regra. Por isso raramente comento, mesmo quando amo o assunto. Mas eu espero que esses seres não evoluídos não tirem sua vontade de escrever e nos presentear com esse conteúdo tão incrível. Através do seu blog pude conhecer uma India que eu não conhecia nem quando eu namorava um indiano. Seu blog não tem apenas um caráter informativo, mas é aconchegante, pessoal, marcante e inundado da sua presença apesar de você não postar fotos suas. Você divide com a gente não só sua ótica como esposa de um indiano ou brasileira que segue o sikhismo, mas também seus anseios, suas revoltas, sua opinião sincera e suas experiências boas e ruins dentro desse contexto, sem enfeitar a realidade. Esse é o seu tempero, e é único. Por isso, é natural que te ataquem. Aquelas mentes de poça não conseguem alcançar a dimensão da sua mente de oceano. Espero continuar apreciando seu café com chai por muito tempo ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniela! Me emocionei com seu comentário! E fico muito feliz ao saber que consegui mostrar um Índia diferente da qual você conhecia.
      Você não tem ideia de como foi importante esse "feedback" pois realmente tento passar minha perspectiva e dividir a realidade.
      Muito obrigada!!!

      Excluir
    2. Sério, nem tenho palavras!! Obrigada de coração!!!

      Excluir
  5. Não por isso, foi tudo de coração!! Eu realmente amo seu blog, sua sinceridade e seu jeito Star de escrever❤

    ResponderExcluir
  6. É só gente doida! Tudo tem acesso à Internet por isso são tanos loucos aquI à solta. E os comentários em páginas de notícias? Até mete medo! Um horror de ler como ha tanta gente horrível por esse mundo a fora!

    ResponderExcluir