Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

E quando o encontro não dá certo?

Romance de internet é tão lindo! Todo mundo limpinho, cheiroso, romântico, educado..aí o casal resolve se encontrar e o resultado é desastroso.

A gente sempre pensa no caso da mulher se decepcionar...e quando é o homem que se decepciona? E quando não existe química, o santo não bate, o sonho vira pesadelo? O que fazer?
Nem sempre a realidade corresponde as expectativas. Nem sempre é só a mulher que sonha, nem sempre o homem quer casar para ter somente um visto do Brasil. 
Imagine um homem que tem emprego na Índia (tem um bom salário), fica contra a família, larga tudo e vem para o Brasil. Chega aqui e se decepciona com a mulher que ele dizia estar apaixonado, a mesma mulher que ele pediu em casamento e jurou amor eterno. Além disso tudo tem a fase da adaptação dos primeiros dias, pois se o encontro foi desastroso vem junto a depressão, a sensação de estar sozinho num país louco, estranho que ninguém fala seu idioma, o choque cultural, etc.

É muito normal o rapaz chegar no Brasil, não gostar do país e querer voltar. Mas isso a gente resolve mostrando o lado bom da vida, os lugares legais de conhecer, e bonitos do nosso país.
O problema está quando o encontro é desastroso. Quando o rapaz não se mostra interessado ou não tem atração física não adianta forçar um casamento, chorar ou se mostrar a mulher mais perfeita do mundo. Se a pessoa está sofrendo no início vai sofrer depois. Quando o rapaz decide voltar e desiste do casamento ou desiste de viver no Brasil, deixe-o ir.
Se um homem não te dá carinho agora, se ele é frio, não corresponde as suas expectativas, não prolongue isso porque ele não vai mudar depois. Melhor agora do que mais tarde ele te maltratar, te trair com outra mulher, trair sua confiança e destruir sua autoestima. Um dia ele pode jogar na sua cara que largou o emprego, família e amigos para levar uma vida miserável aqui com uma mulher que ele não ama porque muita gente sabe que a vida aqui não é fácil principalmente para um estrangeiro que era independente no país dele.
Já aconteceu isso com pessoas muito próximas a mim, gente que eu torci pelo relacionamento, vi de perto quando a garota se preparou, mobiliou a casa, usou todas as economias para o casamento, festa, igreja mas quando o rapaz chegou ele viu que não era aquilo que ele esperava, não rolou química, disse que na internet ela era diferente, incompatibilidade de gênios e ele quis ir embora. É muito triste isso, mas para um casal ficar junto até o cheiro da pele importa e se nem isso combina  não adianta ficar num relacionamento com um homem que mais tarde vai destruir sua autoestima.
Não coloque toda a responsabilidade em cima de você. Se o rapaz decidiu voltar atrás. Isso pode ocorrer com qualquer um ainda mais quando as pessoas nunca se encontraram antes como é o caso da internet.
Homem também se ilude, homem também sonha, homem também cria expectativas e se decepciona. Não quero que ninguém seja pessimista mas pense que isso pode acontecer e se prepare para saber lidar com situações que estão fora do contexto.
Pense, se nao deu certo, pelo menos vocês tentaram, vocês se conheceram. Isso acontece com muitas brasileiras que vão morar fora e o contrário também ocorre. Os homens criam uma expectativa muito grande ainda mais quando eles vem de países de cultura fechada por isso o choque cultural deles é maior do que o nosso.
Bola pra frente. Romance de internet tem suas surpresas, respeite o livre arbítrio. Infelizmente nem todos os homens estão preparados para sair de sua zona de conforto e lidar com o mundo ocidental. O casal só sabe se tem química mesmo, após o encontro. Então não se precipite, evite casamento por procuração. Procure conhecer a pessoa com calma, deixe o romance fluir naturalmente, acho que isso instiga mais o casal. Quando o casal que se casa por procuração não deixa o contato fluir naturalmente, geralmente quando se encontram acaba rolando tudo na mesma noite porque se sentem na obrigação de ficarem juntos porque já estão casados, mas o romance, a parte boa da conquista não aconteceu. Acho que isso esfria a relação.

Já que eu toquei no assunto de procuração, quero aproveitar o gancho e dizer o que eu acho disso. Na minha opinião, casamento por procuração  só é indicado quando o casal já se conhece, já namorou mas por obra do destino precisaram se separar seja por questão de trabalho etc então eles celebram a união por procuração para não ter que adiar mais a data especial, tanto para garantir os bens do casal, quanto um direito sucessório..
Enquanto isso, se casar por procuração com que nunca viu na vida, por mais que você pense que é um amor de outras vidas, aquela paixão toda, é um risco enorme.

Não tenham pressa. Conhecer a pessoa dia após dia antes de se casar é fundamental. O ser humano ainda precisa do toque, do carinho, do perfume....e isso a tecnologia ainda não conseguiu substituir.



Beijos

8 comentários:

  1. Concordo plenamente e penso que seja um choque muito grande um encontro virtual internacional que não dá certo.Isso tanto para quem vem quanto para quem espera. Dizem que é melhor, em todo caso, não criar expectativas, mas afinal, qual ser humano consegue fazer qualquer coisa que seja sem ter o mínimo de expectativas? Eu acho super arriscado e por isso ainda não entendo como algumas meninas viajam ao exterior para conhecer alguém. E muitas a lugares onde a cultura é diferente de uma forma alarmante. Viajar é necessário, mas acho que o maior motivo deve ser a oportunidade de ver coisas diferentes. Quer dizer, não recrimino, porque, afinal, quando existe a tal da paixão, a razão perde feio. Infelizmente, né? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o problema é a expectativa. Nós sabemos muito pouco sobre diferentes culturas e os homens desses países asiáticos ou do oriente médio sabem menos ainda. É arriscado sim, eu acho que se a pessoa tem alguma dúvida no relacionamento quer dizer que ainda não está preparada para embarcar nessa.
      Mas como você disse, quando existe a paixão, a razão perde feio!

      Excluir
  2. muito bom este poste estava precisando mesmo de entender mesmo isso porque as expectativas sao ENORMES entao é bom ir com calma principalmente agora que meu namorado esta prestes a vir ao Brasil ano que vem sempre conversamos sobre isto e é bom deixar as coisas fluírem naturalmente,se tudo der certo dai é só organizar o casamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Tudo que acontece naturalmente é bem melhor!
      Beijos!!

      Excluir
  3. "Romance de internet é tão lindo! Todo mundo limpinho, cheiroso, romântico, educado"

    Me desculpe, mas precisa ser um tanto displicente pra não criar uma base pela internet com a pessoa, e só mais à frente namorar.
    Em outras palavras, precisa dialogar muito pela internet, ter entrosamento, ser realista, gostar do outro por quem ele é. Sem máscaras e sem idealismo. Todos somos imperfeitos.

    Namoro pela internet é a mesma coisa que pessoalmente, visto que ama-se o conteúdo e não a aparência. Não se trata de atração física("química").
    Quem conheceu alguém pela internet e pessoalmente se decepcionou foi porque criou uma ilusão, queria só um envolvimento sexual ou não conversou o suficiente.

    Comecei meu namoro pela internet com uma mulher e desde o começo criei uma base amistosa, sem cíúme e outras besteiras. Hoje sou namorado dela pessoalmente, e na primeira vez que a vi cara a cara, eu já sabia quem ela era(claro, pois conversei pela internet por muitos meses) e só poderia dar certo. Isso já faz 7 anos.

    ResponderExcluir
  4. Cada relacionamento uma experiência, traz uma bagagem. Essa "química" não é física..essa "química" é feeling. É aquela coisa que te faz desejar ficar perto da pessoa cada vez mais. É aquele sentimento que te faz se apaixonar até mesmo pelo perfume,pelo suor, pela cara de sono, pelo cabelo despenteado, pelo sorriso. É a reciprocidade de carinho, respeito, amor. Química é a combinação perfeita de todos os sentidos inexplicáveis ao ser humano. A atração física é resultado da fórmula perfeita dessa química.
    Quando conheci meu marido a amizade, companheirismo, carinho, amor vieram primeiro..e a atração física veio naturalmente, o que muita gente não entendia como era possível namorar e amar sem tocar. E assim você aceita a pessoa como ela é sem querer mudar nada nela (mudar alguma coisa é a última coisa que você deseja).

    Porém a maioria se ilude e cria no parceiro da internet um personagem. Os homens árabes, indianos, paquistaneses também criam essa ilusão principalmente numa cultura onde muitos não sabem o que é amor, carinho e amizade entre homem e mulher. Muitos nunca tocaram em uma mulher e não sabem como ela gosta de ser tratada, tudo é tabu e as conversas acontecem em torno da curiosidade. Criam uma imagem, sonham e se decepcionam. Assim como também acontece com as mulheres.

    É aí que entra a parte "Quem conheceu alguém pela internet e pessoalmente se decepcionou foi porque criou uma ilusão, queria só um envolvimento sexual ou não conversou o suficiente".

    Isso acontece principalmente quando envolve diferentes culturas, pois muitas dúvidas não são esclarecidas, interesses são opostos, cada um tem seu background ou um sonha mais do que o outro.

    Reacionamento de internet ainda dá muito pano pra manga!! Cada dia é uma surpresa, casos que deram certo, casos que não deram..e a vida vai seguindo seu rumo, seja no virtual, seja no real...à procura do par perfeito..


    ResponderExcluir
  5. Acho que o mais difícil num relacionamento virtual é a parte das expectativas, porque -querendo ou não- elas aparecem. Eu acho que é porque criamos uma ideia de pessoa mesmo não querendo... Porque as conversas virtuais só nos instigam a pensar como é a pessoa fora do virtual.

    Mas, é preciso ter calma mesmo. Porque às vezes é tudo lindo ali na internet, mas pessoalmente é diferente, porque por mais que a pessoa "mostre" seus defeitos, só na convivência é que vamos poder sentir aquilo na prática. Só aí é que podemos ver se é um "defeito" ou uma mania que conseguiremos lidar.

    "Cada relacionamento uma experiência, traz uma bagagem. Essa "química" não é física..essa "química" é feeling. É aquela coisa que te faz desejar ficar perto da pessoa cada vez mais. É aquele sentimento que te faz se apaixonar até mesmo pelo perfume,pelo suor, pela cara de sono, pelo cabelo despenteado, pelo sorriso. É a reciprocidade de carinho, respeito, amor. Química é a combinação perfeita de todos os sentidos inexplicáveis ao ser humano. A atração física é resultado da fórmula perfeita dessa química.
    Quando conheci meu marido a amizade, companheirismo, carinho, amor vieram primeiro..e a atração física veio naturalmente, o que muita gente não entendia como era possível namorar e amar sem tocar. E assim você aceita a pessoa como ela é sem querer mudar nada nela (mudar alguma coisa é a última coisa que você deseja)."

    Eu não tiro uma vírgula do que você disse aqui. Concordo com tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! E verdade, e se eu disser que tambem nunca criei expectativas estaria mentindo. O importante e ter calma e conhecer a pessoa pessoalmente tambem!

      Excluir