Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

O Olhar Recatado da Mulher Indiana

Dizem que se conquista um homem pelo olhar. Mas uma coisa que nunca reparei é a diferença de cada cultura na hora de consquistar. Dizem que o corpo fala, mas será que a linguagem corporal é universal?
Tudo começou quando meu marido chegou no Brasil e ele achava que todas as mulheres estavam paquerando ele. Ele me perguntava porque aqui elas o olhavam "daquele jeito" e sorriam para ele o tempo todo hehehe





Eu não entendia, afinal aqui a gente olha e sorri ao mesmo tempo sem perceber e retribui sem perceber também.






 Mas na Índia não! Uma mulher que olha nos olhos de um homem é oferecida, mulher fácil. Sorrir então nem pensar!!! Por isso uma mulher indiana não encara um homem desconhecido, não sorri para todo mundo por qualquer coisinha. Elas sempre mostram um olhar doce, tímido e algumas vezes oprimido, e concordo que na maioria das vezes é um olhar inocente.





 Em algumas situações e regiões mais tradicionais a mulher indiana não encara nem o sogro, e para falar com os homens ela coloca o véu perto do rosto, com vergonha, como também uma forma de demonstrar respeito.



Muito diferente do que vemos aqui no Ocidente. Acho engraçado porque passei a comparar os olhares! O olhar aqui tem até nome "olhar 43".

Vou contar dois casos recentes:
Outro dia fomos a um restaurante e logo que chegamos a recepcionista (hostess) veio nos antender. Ela simplesmente me ignorou e só falava com meu marido com o olhar fixo nele que chegou a ser intimidador. Nem falei nada, pensei que poderia ser implicância minha então não deixei transparecer nenhum incômodo de minha parte. Depois meu marido veio me perguntar se eu percebi a forma que ela o olhou e perguntou para mim se são ordens do restaurante as funcionárias olharem assim para os homens para chamar freguesia. É claro que eu percebi a audácia mas não sei se ela é instruída a fazer isso ou não mas me senti desrespeitada por parte dela. Não sei se isso acontece com mais pessoas, mas achei muito chato. Também não sei se estou prestando atenção demais nessas coisas.
Há 15 dias atrás estávamos tomando um suco perto de casa e uma mulher da mesa ao lado puxou assunto com meu marido. Não nego que o inglês dela era muito bom afinal o português do marido ainda não é lá essas coisas então muitas vezes conversamos em inglês. Até aí nem dei importância porque eu estava junto e pensei que ela quisesse apenas conversar com a gente, por curiosidade porque viu que ele era estrangeiro. Mas eu estava errada, ela simplesmente não queria falar comigo e só tentava falar com ele, saber sobre ele e o que me irritou foi a forma como ela olhava, com o mesmo olhar "conquistador". Logo ele percebeu que não era curiosidade dela coisa nenhuma e fomos embora antes de eu fazer um barraco ali mesmo.
Depois conversamos sobre a forma que algumas mulheres encaram o homem. Meu marido brincou e disse "vamos morar na Índia que lá você não vai passar por isso".  Realmente na Índia isso não acontece, não consigo imaginar uma indiana seduzindo algum homem principalmente na frente da esposa. Não quero dizer que todas indianas são todas santas e que todas aqui são oferecidas mas é algo cultural e como meu marido sempre viu os mesmos olhares tímidos a vida toda, percebeu a diferença com maior facilidade quando chegou aqui.

Para um homem indiano, a mulher que tenta seduzir o homem na cara dura tentando enxergar até a alma dele com o olhar "conquistador", atrevido, é vista como fácil.  Pode até funcionar para alguns brasileiros, mas para um estrangeiro oriental a coisa muda.   Enquanto na Índia o olhar é tímido, aqui ele é sensual combinando com uma jogada de cabelo. As mulheres indianas dificilmente mexem nos cabelos em público, até hoje não vi nenhuma jogar o cabelo de um lado para o outro o tempo todo.

O sorriso que acompanha o olhar da mulher indiana é tímido e espontâneo, ela chega a contrair mais músculos do rosto quando sorri, afinal a forma de seduzir é diferente enquanto a mulher ocidental gosta de olhar diretamente nos olhos, disfarçar um sorriso monalisa ou manter os lábios entreabertos enquanto deixa o olhar fixo no homem.

O jeito da mulher ocidental é mais imponente, ela gosta de se fazer de mulher fatal e algumas vezes chega a ser intimidador. Por outro lado, a mulher indiana costuma olhar por baixo, mais inocente e não mantém o olhar fixo no homem, ela mostra timidez . Dependendo da cultura do homem, isso faz toda a diferença.
Conclusão:
#Quando o homem é oriental:  Olhar 43 para seduzir =  fail
 Hoje eu presto mais atenção nos detalhes e vejo o quanto as culturas são diferentes até mesmo na interpretação de um olhar.
















5 comentários:

  1. Noossa, Star!Estamos com uma telepatia incrivel, viu? Eu estava pensando justamente nisso essa semana! Sempre fui muito sorridente e isso era considerado muito bom no Brasil, pois era sinonimo de pessoa alegre e de bem com a vida. No Japao, o povo sorri bastante, mas de forma diferente. Entao, la no Japao tambem passava numa boa, pois todos me viam como muito simpatica e bondosa. Mas aqui na India....Bem, nunca me vi em nenhuma situacao constrangedora, mas meu esposo sempre diz que eu rio demais e que os caras aqui vao pensar que eu to "dando mole". Dificil controlar isso, viu? Dificil controlar tambem o riso entre uma frase e outra, que eh algo cultural e nao acontece muito por aqui. Nao que eles nao sorriem, mas a coisa eh diferente. Na 1a foto que tirei com minha sogra e cunhada, as duas estao de cara fechada e so eu estou la, mostrando os dentes! Chega a dar nervoso! Mas, eu nao quero perder o habito de sorrir, porque sorrir eh bom para a alma! Um abraco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha sobre as fotos chega a dar nervoso mesmo!! Eu tenho umas fotos com umas indianas aqui, duas estão sérias e só eu com aquele sorrisão bem grande kkkk(parece que elas odiaram a foto hahah) só depois entendi que para elas é normal aparecer séria nas fotos! Eu nunca vi uma foto da minha sogra sorrindo, por exemplo.
      Escreva sobre sua experiência, como você tem lidado com esse comportamento que para nós brasileiros é tão natural. Eu gostaria muito de ver um texto seu sobre o assunto, ainda mais você que mora aí deve ter várias coisas legais pra contar!

      É difícil mesmo de controlar o riso, eu mesma nem percebo se estou sorrindo demais ou não! Eu gosto de sorrir e de vez em quando dar uma gargalhada bem alta sem me preocupar se estão me olhando e no que estão pensando. Meu marido achava super estranho mulheres gargalhando na rua na frente dos outros. Eu disse que isso é sinônimo de felicidade. Hoje ele nem liga mais pra isso rs

      Abraço!!

      Excluir
  2. Essa das fotos e bem verdade ahah comigo passa-se a mesma coisa! Nas fotos estou sempre a sorrir e os outros muito sérios! O meu marido diz que e porque levam a foto muito a serio, ficam comprometidos, cheios de cerimônia :) nos brincamos muito com a minha sogra sobre isso.
    E as fotos do nosso casamento? As vezes até parece que não estão felizes, para quem esta de fora desta cultura parece isso.
    Mas eu quando ando na rua ponho sempre a minha cara mais seria, tem de ser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente vc falando isso agora me veio a mente umas fotos de um casamento indiano e as mulheres estão sérias e foi isso q pensei elas devem estar sendo obrigadas.... kkkkkkk. obgda por explicarem! ;-)

      Excluir
  3. é muito chato mesmo voce nao poder expressar a alegria que esta sentindo
    e logo eu que adoro rir e dar muitas gargalhadas ate meu namorado que é indiano tambem estranha as minha risadas pela web
    sempre pergunta o que eu tenho pra rir desse jeito
    ai é que eu riu mais ainda kkkkkkkkkkkkkkkkkk a expressão dele e fora as coisas que ele diz me fazem dar mil risadas ele pode ate não gostar mas eu amo sorrir e vou ser sempre assim alegre e sorridente me faz muito bem ter cara fechada p mim nas fotos nao dar kkkk adorei seu post star sempre visito seu blog amo todos os posts parabens

    ResponderExcluir