Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Coisas que Ninguém diz - Parte 1

Faz tempo que não escrevo sobre relacionamento de brasileiras com indianos. Sempre gostei de mostrar o lado bom e difícil e morar com um marido estrangeiro no Brasil, mas quero dar ênfase sobre o relacionamento intercultural em si.
A SAGA DO INDIANO MODERNO:
Se você tem um doce de marido ou namorado SUPER MODERNO, qua AMA o Brasil com todas as forças, que se adaptou super bem, que está SUPER feliz aqui, que tem um MEGA emprego e não joga na sua cara que você é ESTRANGEIRA, é EXTREMAMENTE calmo ou quando foi para a ÍNDIA ele mostrou um lado mais doce ainda, esse texto NÃO é para você.
Mas se você está insegura ou pensa que seu amor é um príncipe, acha que ele é moderno, não sabe nada de homem indiano ou já vem tendo sinais de que você não vai aguentar viver controlada acho que vale a pena ler e abrir a mente. 

Vejo que algumas mulheres enxergam a minha história como exemplo. Eu escrevo coisas bonitas da cultura mas sempre deixei claro que casamento entre diferentes culturas não é fácil e mesmo quem pretende viver no Brasil poderá encontrar dificuldades na adaptação agravada pela falta de emprego.
Se eu recomendo? Não. Não recomendo casamento entre diferentes culturas. Amor é uma coisa, cultura é outra.

Eu já vi indiano chegar no Brasil e voltar para a Índia porque não conseguiu trabalho aqui, já vi casamento cancelado, já vi sonhos desmoronados.
Já vi indiano surtar porque a nossa cultura é totalmente diferente. Meu marido surtou também quando chegou. Ele surtou com shortinho, decotes, piercings, tatoos, cabelos coloridos, alto índice de divórcios, alto índice de famílias construídas fora do casamento, drogas e bebidas no meio da rua, . Não quero dizer que nada disso não acontece no país dele, mas lá as coisas acontecem escondidas, entende. O povo tem medo da repreensão da polícia, dos vizinhos, da família, da sociedade em geral.

Quando o homem vem para trabalhar ou estudar, é uma coisa, tudo é legal, experiência, novidade. Mas ele sabe que vai embora então não vê nada de mal. Mas quando o homem vem para casar e morar aqui é outra coisa, totalmente diferente. Ele literalmente vai ter que engolir e aprender a conviver com o nosso jeito de ser e no início é bem chocante.

Conheço uma moça que estava para se casar com um indiano. Ele tirou visto para o Brasil e antes que ele chegasse eu conversei muito com ela e expliquei muito esse choque cultural. Meu marido, por exemplo, é um Punjab sikh de uma região conservadora. Os punjabis são conservadores  e normalmente não gostam de misturar cultura e casta (por isso quando colocam turbante são todos parecidos kkk). Eles se mostram modernos mas de modernos não tem nada. É só na forma de se vestir porque eles seguem os costumes à risca, uma mistura de islamismo com hinduísmo. Gente, imagine islamismo e hinduismo juntos!
 Um sikh nunca vai admitir isso por questões políticas mas é só ler a história do sikhismo que você vai entender.

Pois bem, quando alertei essa pessoa sobre o conservadorismo do homem indiano, ainda mais o dela que era muçulmano, ela disse "Ahhh mas o meu indiano não é assim não!!! Ele é mais moderno!!! Ele tem a cabeça mais aberta para essas coisas, ele só ficou incomodado com as minhas roupas quando apareci na webcam, mas eu sei que ele não vai ter problemas quando chegar aqui, aliás, eu já avisei que o Brasil é bem diferente então ele já está preparado!!!"


Ahhh amigos, nem preciso dizer que se eu achava meu marido fosse General, o "indiano ultra moderno" dessa garota era um Marechal. No início eram só elogios sobre ele, ele era um amor.
 Mas o indiano ficou horrorizado com tudo que viu e não queria que ela usasse nem calças (ela teria que usar roupa indiana, véu e saia mesmo estando no Brasil). Mesmo assim se casaram, até que um dia que ela levantou a voz para ele em tom de brincadeira e deu um tapinha, ele ficou louco, mudou a cara, ficou roxo, parecia que ficou tomado pelo capeta. Falou na frente de todo mundo para ela nunca mais fazer isso porque jamais uma mulher deve fazer isso para um homem e na cultura dele isso é inadmissível. Ele falou bem alto em inglês apontando o dedo "NUNCA MAIS FAÇA ISSO!!! NUNCA!!!" .
E olha que eu sempre pensei que meu marido fosse super conservador.  Mas vi que existem vários graus de conservadorismo e falta de informação. Fique esperta. Tem mulher que não aguenta tanta pressão pois o marido, a famlília e a sociedade cobram muita coisa dela. A mulher tem seu papel na sociedade, a cuidadora do lar, dos filhos, marido e família dele (ela é tudo, enfermeira, ouvinte, cozinheira, empregada doméstica, mãe, esposa, nora, cunhada que no fim é tudo a mesma coisa).

Mesmo aquelas que trabalham tem uma vida regrada, não são independentes e  não fazem o que querem. Tem mulher que pede permissão para sair, para usar o telefone, para visitar os pais e isso com total aprovação dos anciãos daquela região (em algumas regiões eles mandam mais do que o tribunal e a polícia). Se você perguntar tudo isso para um indiano ele vai negar. E talvez no Brasil não seja diferente. Não pense que ele vai mudar morando aqui. Ele pode tolerar algumas coisas, mas nunca vai mudar e aquilo que ele não consegue de você ele vai cobrar do filhos. Aquilo que você não segue na cultura dele, ele vai impor aos filhos, ele vai se realizar nos filhos.

Quando as pessoas perguntam para o meu marido se na Índia todos celebram o natal ele diz que sim. Aí eu vou lá e falo que não. Ele insiste e diz, claro que comemora o natal!!! Mas só depois que eu fui entender que na cabeça dele só de ver uma árvore montada nos shoppings e alguns enfeites era o bastante para celebrar o natal e na cabeça dele isso é o natal! Mas foi só comigo que ele aprendeu que o natal comemoramos o nascimento de Jesus e a razão da troca de presentes. Ele disse que não sabia que se trocava presentes pois na Índia é só um enfeite porque eles vêem assim nos filmes, mas a maioria (com exceção dos indianos cristãos) não sabe de fato o significado do natal.  
Não acredite quando o homem diz que é moderno e não pense que ele é bem informado. Não pense que o seu namorado de internet é moderno, porque ser moderno na Índia é uma coisa, ser moderno no Brasil é outra. Para um padrão indiano ele pode ser moderno, mas você já pensou se ele é moderno para um padrão brasileiro? Se você não acredita agora, tudo bem. Depois do casamento você vai ver a modernidade dele!!
As mulheres sempre dizem "ele é tão bonzinho!"...mas ninguém pensa como pode ser o surto desse "bonzinho".

Outro dia, li um artigo de um blog que dizia mais ou menos assim: " só o fato de alguns indianos falarem um pouco de inglês, eles já se acham modernos".

Continua...



24 comentários:

  1. Não quero generalizar, mais todos em sua maioria são assim... se dizem "modernos" até algo acontecer.
    Meu namorado é um amor, carinhoso, gentil e simpático... até algo que o desagrada acontecer, ai é um Deus nos acuda... hehehe... ficou de cara virada pra mim 3 dias pq cortei meu cabelo pra cima do ombro.
    Ele até tenta intender, mas é quase impossivel, ainda estamos nos habituando.... mas short ele ja disse... NÃÃÃÃOOOO.... kkkkkkk...
    ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é!! Ainda bem que ele já disse antes, porque a maioria só mostra mesmo o que não gosta depois que casa ou a mulher só enxerga depois! No início a mulher pensa que é ciuminho bobo ou que é cuidado, mas são coisas bem diferentes! Beijos flor e tudo de bom!!

      Excluir
  2. Muitíssimo interessante Star JI , com o meu marido passou-se a mesma coisa em relação ao significado do Natal. E claro aqui na India vi mesmo que ninguém tem ideia alguma do que e o Natal só sabem do Santa Claus e da árvore... Eu expliquei tudo as crianças e adultos (os que mostraram interesse ) quando passei aqui o Natal.
    Isso dos indianos se acharam modernos so por falarem um pouco de ingles faz-me rir porque nao e só se acharem modernos mas acham que são super inteligentes e cultos. Mas a maioria das vezes o inglês e tão pobre que nao percebo nada ahah já passei por umas engraçadas aqui :)
    Beijo*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa no Natal é realmente um fato curioso é bem diferente e infelizmente poucos conhecem a razão. O natal se tornou uma data comercial.
      hahah às vezes passamos por umas engraçadas aqui também! rs Quando algum se acha culto e inteligente só mostra arrogância e ainda força um sotaque americano heheh
      Beijos!!!!

      Excluir
  3. Modernos. Super modernos. Um amigo me disse que era um dia bom e ele queria celebrar, ou seja, como ele mesmo disse, "partyyyyy". Perguntei qual era a ideia dele sobre celebrar e ele respondeu "um pouco de vodka e chocolate, pois estou em um momento no qual não sigo regras da minha religião" :D. Pensei "se ele vier a uma festa no Brasil vai ter um ataque cardíaco". O mais engraçado é que Bollywoood retrata os indianos como modernetes. Filmes como "Jodi breakers" são um bom exemplo disso. Mas vai ver na prática: totalmente diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo!! Vejo cada coisa nos filmes e na prática não é nada disso. Bollywood é puro glamour e só!! A vida real é bem diferente.

      Eles nem tem ideia do nosso significado de festa! É o que eu digo, moderno na Índia é uma coisa, moderno no Brasil é outra!

      Excluir
  4. Oi, Star!Melhor descrição de um homem indiano...impossível!Olha, aqui em Mumbai e no meu local de trabalho meus colegas parecem taaaao modernos que até eu me sinto uma jeca perto deles! Os garotos parecem saídos de alguma série americana e as meninas se sentem super poderosas usando roupas ocidentais. Porém, a gente sabe que em casa a estória é outra e, mesmo aqui em Mumbai, não levo fé que os rapazes sejam diferentes. Todos parecem saídos de um filme de Bollywood e muitos adoram uma balada e tal. Mas, na hora de escolher uma noiva, tenho certeza que eles vão escolher a moça "decente" e de acordo com os padrões estipulados pela família, casta e religião a qual pertencem. Eu também considerava meu esposo moderníssimo, mas depois que casei com ele, até colocarmos os pingos nos "is", a coisa foi meio complicada. E, isso porque no Brasil eu sou considerada super careta e pareço que parei no tempo! Mesmo assim, tivemos nossos choques culturais e, não foram poucos, Volta e meia eles continuam acontecendo, mas com menor frequencia. Então, acho que se o seu indiano e a família dele aceitam que uma estrangeira passe a fazer parte da família, jogue as mãos para o céu e agradece a Deus, porque eles são MODERNÍSSIMOS!! Um abraço e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, obrigada por concordar com a descrição. Fiquei aqui pensando se exagerei ou se só eu tinha essa visão!

      Você comentou sobre as meninas super poderosas...ahhh eu vi uma assim aqui em um restaurante indiano...super ocidental e se achando a indiana mais moderna da face da Terra porque morava nos EUA e tal...e também acredito que na frente da família a atitude é outra e ela vai se casar com algum indiano em algum casamento arranjado.

      Tem um filme muito interessante que no momento não me lembro do nome mas mostra um indiano super moderno com os amigos mas quando chega em casa ele segue todas as tradições da família.

      Eu também sou super careta para os padrões brasileiros e mesmo assim tive conflitos. Até hoje não sei como meus sogros me aceitaram e me tratam e nunca fizeram diferença de mim. Para os indianos eles devem ser moderníssimos, como você disse!
      Abraços e tudo de bom pra vc também!

      Excluir
  5. Olá Star!

    Olha eu não entendo mundo do universo indiano mas acho que todas as coisas ditas no texto se aplicam aos árabes. Um coisa é o cara dizer que o moderno na internet. Outra coisa é ser moderno na vida real, no dia a dia!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andréia!! Sim, também acredito que se aplicam aos árabes. Os que aqui vivem são da mesma forma, aprontam horrores mas na frente dos "primos" e reuniões de família são santos seguidores da cultura . Os amigos brasileitos só servem para balada e as namoradas só para se exibirem porque no final vão se casar com a mulher árabe que a família escolheu. Ou se por acaso casam com uma brasileira a situação é bem complicada para a mulher porque ele não vai agir como um brasileiro. Esses homens do oriente tem o mesmo jeito. A comida, a música e idioma entre eles são diferentes mas a influência do comportamento com o sexo oposto é o mesmo.
      Abraços!!!

      Excluir
  6. É ruim que eu iria permitir que um homem desse tipo saísse lá de onde fosse,para mandar na minha vida,no meu jeito de ser e de viver,restringindo a minha liberdade e independência.Quem permite que isso aconteça são mulheres fracas,pois comigo eles comeriam um kg certo,ou então voltaria correndo para o mundinho dele de onde aliás eles nunca deveriam sair !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho errado uma homem sair de lá do mundinho dele e querer causar aqui. Ele que deveria seguir a nossa cultura, afinal ele está no nosso país, mas não é bem assim. Infelizmente muitas mulheres enfrentam problemas mas tem vergonha de contar ou mencionar na internet então fica complicado.

      Excluir
  7. AMEI!!! OLHA PF ENTRE EM CONTATO COMIGO EU PRECISO FALAR COM VC É MTO SÉRIO TO MEIA EM DUVIDA DE UMA COISA (sobre indianos) meu email sara-oficial9@hotmail.com face:sara lima obrigado o seu blog é maravilhoso!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá!! mande um e-mail para cafecomchai@hotmail.com

      Beijos!

      Excluir
  8. muito bom o blog viste este blog talvez possa gostar http://colinasdoiran.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Star to de volta aqui na vida de blogueira e gostaria de comentar teu post: moro na Turquia e pelo que você relatou posso dizer que, quanto mais pro Oriente se caminha mais a coisa se intensifica ... eu moro em İzmir que "mais se parece com a Europa" mas nem se compara com a liberdade que se tem no BR. A familia se mete, se vc for a mais nova ta lascada que tem que servir chai pra toda a galera ... conheço muita estrangeira que nao trabalha e nem faz curso de turco pq o marido nao deixa ... dae indo mais pro leste da Turquia a coisa se complica. Passando pras arabias eu nem quero imaginar e ae na Índia, bem vc pode contar melhor do que eu. Parabens pelos posts! (minha page ta no ar novamente www.lucinaturquia.blogspot.com) bjos e boa sorte :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciane!! Fico muito feliz que tenha voltado à vida de blogueira! Gosto muito do seu blog e senti muita falta dos seus posts e sua visita aqui!!

      Você falou sobre o chai..é verdade, é chai para as visitas, para os sogros, a família toda, chai toda hora.

      Já ouvi alguns relatos sobre os turcos, alguns também ´são bem rígidos. Na Índia muitos vivem de aparência (se mostram ocidentalizados) e mas as mulheres além de viverem de forma limitada são controladas. Para nós brasileiras é complicado porque além da liberdade de atitudes, temos a liberdade de expressão,não baixamos a voz para homem nenhum, brigamos, falamos alto, reclamamos porque temos direitos porém quanto mais para o Oriente menos voz a mulher tem.
      Estou acompanhando sua page!
      Beijos tudo de bom!!

      Excluir
    2. nossa que horror Deus dar o livre arbítrio daí surgi uma criatura dessa pra querer mandar e desmandar na vida da mulher. onde só ele tenha o direito de exigir e a mulher sem dizer um ai
      eu hein... são coisas que devem ser conversadas bem antes e expor um ao outro o modo de pensar pra nao levantar falsas expectativas. nem ela pensar que ele possa mudar e nem ele achar que ela vai fazer tUdo o que ele quer.

      Excluir
  10. Star, kd vc...Tantos dias sem um post! Espero que esteja tudo bem. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!! Não se preocupe, está tudo bem graças a Deus e obrigada pelo carinho! Eu só estava acompanhando o blog através do celular mas ficava difícil de escrever alguma coisa..agpra meu computador já está em ordem, logo logo colocarei novos posts!!
      Abraços!!

      Excluir
  11. Muito bom o post. Eu me caso com o meu rajastani ainda esse mês. Nós moramos na Alemanha há 3,5 anos, nos conhecemos na aula de alemão (oin) e estamos juntos há 3 anos. Moramos juntos há 2 anos.
    A família dele é contra o casamento, apesar de o pai ser mais contra do que o resto da família. Já falei com a minha sogra pela internet e ela pareceu ser gente boa. Meus pais o consideram um filho, apesar de uma certa dificuldade com o idioma.
    Nós 2 somos vegetarianos. Ele desde a fase embrionária e eu já há 10 anos. Ambos somos baladeiros e"cachaceiros e de final de semana".hehehe
    Ele é bem conciente do conservadorismo indiano e não gosta dele. Por isso saiu de lá. Já me contou de todas as tradições bárbaras, de como cresceu vendo a mãe apanhando e tem medo que o mesmo aconteça com a irmã e de como a opinião da sociedade inflencia no comportamento das pessoas. Ele diz que a India só vai melhorar quando as pessoas deixarem os costumes medievais no passado.
    Nunca tentou me controlar (tb não é besta). Fala até que eu podia usar umas saias mais curtas, pois tenho as pernas bonitas (!!). Ele diz que só na India eu teria que me cobrir mais, pois as pessoas não estão acostumadas. Já foi para o Brasil e gostou muito.

    Cheguei hoje e curti muito o blog.

    ResponderExcluir
  12. Por favor mim responde qual a diferença dos indiano que mora  
    nesta cidade allanhabad é que tenho um amigo e ele quer muito vi para o Brasil e falar que é muito pobre e pede minha ajuda ele tb quer ficar comigo, falei que tem filhos e netos se ele aceita eu adsim mesmo .
    ele falou que mim ama e que vir o mais rápido para o Brasil .

    ResponderExcluir
  13. Olá Star, como vai ?
    nota 10 seu texto, estou com um indiano pela primeira vez, e ele se faz de super compreensivo e moderno, compreende tudo e está sempre aberto ao diálogo, só que não me compra com isso, rssss Eu simplesmente não consigo acreditar que ela seja tão mente aberta, principalmente porque ele é muçulmano também.

    ResponderExcluir