Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Brasileira, pare de se inferiorizar!

Faz dias que estou com isso na cabeça e hoje resolvi falar: brasileiras, parem de se inferiorizar de agirem com auto preconceito! 

Vou explicar: recebo um número grande de e-mails  de brasileiras que namoram indianos na internet, e a maioria tem em comum uma insegurança enorme pelo fato de ser brasileira, e já sai logo tocando no assunto da má fama, que sabe o que os homens pensam da brasileira lá fora, que acham que é tudo p*@# etc e tal mas elaaa é diferenteee! Peraí, às vezes nem dá tempo do rapaz iniciar uma conversa e a mulher já fica na defensiva e já vai logo tocando nesse assunto??
Você já parou para pensar que agindo assim você está contribuindo ainda mais para o preconceito?

Primeiro, se o homem não te respeita, não é pelo fato de você ser brasileira, mas sim porque ele vive no mundinho dele e acha que toda ocidental é fácil. Segundo, se ele não te respeita, pode ter certeza que ele não respeita a americana, a alemã, italiana..o que seja. 

Pode ser que o rapaz tenha te achado super interessante, linda, educada, família...aí vem você mesma e joga a bomba nele dizendo que brasileira tem má fama. Você mesma coloca minhoca na cabeça dele, se mostra pouco confiante, você mesma se inferioriza diante das outras nacionalidades. Dá uma desanimada, né!

As russas, por exemplo, tem fama de prostitutas na India, devido o grande número de mulheres russas traficadas para exploração sexual então se alguém perguntar se você é russa, quer saber se você é prostituta. E você acha que as russas estão incomodadas? 

Enquanto isso as brasileiras não podem ouvir um gringo falar de futebol e carnaval e já ficam ofendidas. A maioria deles nem sabe onde fica o Brasil. A maioria pensa que somos um bando de índios canibais que andamos todos pelados e moramos no meio do mato. De bom só temos carnaval, futebol. Tem aqueles "um pouco mais estudados" que pensam que o Brasil é SÓ o Rio de Janeiro, todos andam de biquíni na rua, a capital é Argentina e o idioma é espanhol.

Aí vem alguém e diz que o gringo deu em cima dela. Lóoogico! Homem sempre vai dar em cima de mulher, e ele não está nem aí para o país que você veio, ele vai tentar falar do seu país só para te atrair "Ahh Brasil!! Futebol..Carnaval!!", afinal, ele quer mostrar que conhece alguma coisa e o fato de pensar que você é fácil acontece porque você é estrangeira, vulnerável e ocidental, mas não por que você é brasileira. Para ele é um prato cheio. As vezes o homem fica sabendo dessa "fama" da mulher brasileira porque você mesma disse. 

A brasileira é muito preocupada com a opinião sobre ela lá fora, mas não faz nada para mudar o preconceito dos próprios homens brasileiros, a mídia, como propagandas de cerveja que mostram mulheres semi nuas, aquela propaganda de calcinha e sutiã no meio das grandes avenidas, propaganda de sandália dentro do metrô de SP que mostra uma mulher quase pelada (a sandália nem aparece porque o foco ficou no corpo da modelo). Isso sim precisa mudar. Isso não é liberdade, isso é exploração. 

A nossa desvalorização e a imagem de objeto sexual começa aqui mesmo principalmente através desses filmes brasileiros ridículos que só mostram brasileira vulgar. Onde está um filme exibido no exterior que mostra a luta e dignidade da mulher brasileira que conseguiu direito ao voto, trabalho, entrar na política, dona de casa, empresária? Se a nossa imagem é vendida lá fora de forma vulgar é mérito dos próprios brasileiros, grandes marcas, filmes e campanhas feitas aqui mesmo. 

Sabe aquela marca Adidas que você gosta e paga bem caro por ela? Ela lançou uma camiseta com conotação sexual durante a Copa do Mundo de 2014. A nossa bandeira virou uma bunda em forma de coração! E você homem que não está nem aí, saiba que isso recai sobre sua filha, sua irmã e sua mãe. 

A publicidade é quem lucra às nossas custas. O gringo é um tonto que tenta dar uma de esperto porque para ele o importante é ter mulher. O país de origem não importa. 

Isso era o que eu tinha que dizer. Vamos parar de dar explicação desnecessária para gringo, parar de se inferiorizar e fazer a coisa mudar aqui mesmo, pois como dizia a minha avó "a educação vem de casa".


Abraços

2 comentários:

  1. ADOREI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.E concordo plenamente, e exatamente assim,qdo vc diz que a maioria nem sabe mesmo onde fica o Brasil e que pensam que andamos de biquine o tempo tdo.So depende de nos mesmas nos valorizar-mos.Bjss Star

    ResponderExcluir