Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Cuidado com "Casamento por Procuração"!

Tem gente que não sabe dos riscos de um casamento por procuração quando não conhece o parceiro pessoalmente, ou o relacionamento é superficial (não existe confiança, o parceiro é cheio de mistérios, já pede em casamento depois de poucos dias de conversa, se mostra desesperado para casar e vir para o Brasil). 

O que pode acontecer?
Depois que você se casar, a pessoa pode sumir. A pessoa pode até vir para o Brasil, mas só Deus sabe quando e onde. Se ele quiser voltar para o país dele e se casar com alguém de lá até consegue, porque seu casamento lá não vai ter validade e nem foi registrado na repartição competente (registro consular) do país dele.

Quer assumir o risco?
Pelo menos escolha o regime de Separação de Bens (art. 1.687 e 1.688 do Código Civil de 2002).
Mas nesse caso, deve ser feito o pacto antenupcial ( é o instrumento pelo qual se escolhe o regime de bens) por Escritura Pública e depois que a pessoa chegar aqui no Brasil e der tudo certo, vocês podem alterar o regime mediante autorização judicial em pedido motivado.


Boa sorte.

Abraços


4 comentários:

  1. Olá amiga, tudo bem? Esse assunto é realmente sério é bom você tocar nessa temática, alertando as mulheres sobre o risco que correm!

    Beijos,
    Aminah Luiza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga!! Tudo bem e você?
      Estou vendo isso acontecer até com pessoas que moram perto de mim...o pior é que depois não tem o que fazer. A única forma de ajudar é alertar!
      Obrigada, adorei te ver aqui!
      Beijos!!

      Excluir
  2. que loucura meu povo… isso näo pode ser amor, pra mim isso se chama desesperooooo!!!

    ResponderExcluir
  3. Tudo nessa vida e perigoso ,o que não podemos e deixar de ser feliz ou não tudo e experiência nada está perdido só a morte

    ResponderExcluir