Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sábado, 21 de novembro de 2015

Como foi nosso Diwali no Brasil

Olá pessoal, tudo bem?

Reclamei há alguns dias atrás que não existe Diwali no Brasil, mas eu encontrei um lugar! Vi na parede de um restaurante vegetariano essa propaganda, na hora mostrei  para o esposo:



Ele não se animou muito porque para ele o Diwali é festa, música punjabi, dança e fogos de artifício e ele sabia que a comunidade hindu aqui no Brasil é mais "zen" , aquela coisa de espiritualidade, tudo muito calmo para os moldes de um indiano punjabi. Mesmo assim ele foi, disse que ia por mim afinal eu tinha curiosidade mas já deixou claro que não fazia a mínima questão de ir.

Quando chegou a noite de sábado, vesti meu conjunto punjabi que costumo usar em festas, fiquei com receio de estar exagerada cheia de brilho, mas chegando lá me senti super a vontade, vi muitas mulheres vestindo sari e a ideia que achei o máximo foi o "Armário da Lakhsmi" onde mulheres que gostariam de vestir um sari poderiam alugar um. Além disso teve maquiagem indiana e vi uma mulher fazendo henna nas mãos. 

Claro que não teve fogos de artifício porque o lugar não comportava isso, foi na Associação Beneficente Naniwa Kai mas improvisaram luzinhas. O lugar foi bom, mas acho que faltou um ar condicionado ou pelo número de pessoas poderia ser um salão mais amplo porque essa época do ano costuma ser bem quente.

 No início teve um coquetel com sucos, samosas e chutney. 
 Às 20 horas o ritual foi iniciado com mantras, uma peça teatral explicando o Diwali, dança e pooja, que é a oração para a deusa e mantras para Ganesha. Uma indiana realizou a cerimônia e explicou todos todas as etapas. Borrifaram água de rosas por todo o salão, nos deram luzes que simbolizavam as velas do Diwali e fizemos a oração.

Depois nos deram pétalas de flores para oferecer à deusa da prosperidade.

Ao final o jantar foi servido, exatamente como servido nos templos mas nesse caso deram a opção de comer à moda indiana que é sentado no chão, sem talheres e a comida é servida na folha de bananeira ou à moda ocidental que é na mesa com garfo e faca. Meu esposo não quis comer no chão e eu também preferi jantar na mesa porque o salão estava muito cheio então seria mais cômodo. Não achei barato para participar mas me surpreendi com o jantar, foi farto, as pessoas passavam de mesa em mesa nos servindo com boa vontade e um sorriso. Nada foi limitado, as pessoas podiam repetir quantas vezes quisessem que eles serviam de mesa em mesa e sempre muito bem servido, arroz com passas e nozes, grão-de-bico, paneer, roti (pão indiano), raita(salada de iogurte), sucos,  de sobremesa teve arroz doce indiano e por último o chai.  

Valeu a pena, foi muito agradável, foi muito bonito, o ritual foi levado a sério, as pessoas simpáticas e o esposo que no início não estava a fim de ir acabou gostando de tudo! Ele comeu paneer até não aguentar mais! A comida estava tão boa que esqueci de tirar foto.

Por isso eu quis dividir essa experiência com vocês porque coisa boa a gente também precisa contar mas já adianto que é para quem gosta da cultura indiana e hinduísmo, mantras, rituais hindus, porque costuma demorar um pouco antes de o jantar ser servido e o cardápio é lacto-vegetariano, não há bebida alcoólica e o principal da festa é o ritual para a deusa. 

Se você se identifica vale a pena a experiência. Em 2016 o Diwali no calendário hindu será 30 de outubro!

Beijos!  

3 comentários:

  1. Não acredito que perdi isso :( Sempre quis ir á algum lugar que tivesse algo mais tradicional da cultura indiana, mas fico mto feliz por vc ter ido e ter nos passado essa dica! Se tiver mais alguns lugares do tipo poderia postar no blog? Eu também gostaria de saber se vc conhece blogueiras indianas que falem sobre beleza, moda etc. Bjs Star, mais uma vez adoooro seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nicoli, pode deixar que postarei sim, apesar de ser difícil eu ir sempre porque meu marido é Sikh e não tem muitos eventos sikhs por aqui.
      Os blogs de indianas , conheço alguns mas assim que lembrar os nomes colocarei aqui.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir