Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Quando a noiva indiana deixa a casa dos pais

 Quando a noiva vai para a casa do marido, ela se despede dos pais, de todo o resto da família e amigos. Todo mundo faz cara de velório, é a parte triste de um casamento indiano.

Eu não entendia esse sentimento até isso acontecer com uma indiana que conheço. Confesso que eu achava um exagero chorar no dia de um casamento, afinal deveria ser um dia feliz para a noiva e seus familiares. Mesmo sabendo que isso acontece porque depois de casada a mulher passa a fazer parte da família do marido ainda achava que se tratava de um choro simbólico. Mas não é.

Na cultura indiana, a noiva deixa a casa dos pais e passa a viver de acordo com os gostos dos sogros e esposo. Hábitos, alimentação e até vestimentas são de acordo com a família do marido. Ela deve deixar tudo para trás, e passa a usar tudo novo, até mesmo roupas. 

A vida de casada e as ocupações diárias acabam afastando a noiva dos pais. A partir do casamento, a prioridade é a família do marido. Alguém deve pensar: "e quando os pais precisam de ajuda e cuidados na velhice?" A resposta é: quem cuidará disso será a nora deles, pois quase toda a família indiana tem no mínimo um filho homem então a esposa desse filho que cuidará deles. E fica um círculo. A filha deles vai para outra casa, e a filha de alguém vem para a casa deles. 

 Antes eu não entendia a choradeira de um casamento indiano mas quando recebi a notícia de que uma jovem da família se casou fiquei sem chão. Incrível como passei a entender esse sentimento de alegria e tristeza que um casamento indiano proporciona. Eu me lembro dela quando pedia para falar comigo e dizia ao telefone "bhabi, namaste" com aquela voz doce de uma adolescente que sonhava em ser aeromoça. Lembro que cheguei a enviar a ela um bichinho de pelúcia pelo correio pois para mim ela era uma querida. O tempo passou e quando atingiu 20 anos de idade o casamento aconteceu. Agora ela está com a família do marido e só Deus sabe quando entraremos em contato.  A sensação que tive foi de que a tiraram de mim, a levaram embora porque quando a conheci ela ainda era criança e porque eu sei que a partir de agora nada será como antes, ela não vai mais entrar em contato comigo, não dá mais para ligar e pedir para falar com ela. Não sei quando entraremos em contato novamente. E isso acontece com muitas famílias indianas, são poucas as moças que mantém contato frequente com a família, a maioria corta os laços e tem encontros esporádicos.

Foi uma sensação diferente nada parecida com a notícia de um casamento ocidental. Dessa vez senti um nó no peito pois senti na pele o que é passar por isso. Entendi o que se passa com uma família indiana ao ver a noiva partir, é um sentimento diferente, você deseja o melhor e toda a felicidade do mundo e ao mesmo tempo você precisa lidar com o sentimento de ver a pessoa sair de casa e cortar laços com você. 

Estou aqui pensando, antes eu achava um exagero e drama desnecessário chorar no casamento indiano, mas hoje vejo de outra forma.

Mas a vida é assim, não dá para manter ninguém grudado na gente, toda pessoa precisa seguir seu destino e o que podemos fazer é desejar felicidade. E não inventaram nada melhor do que a felicidade.

Abraços!!


7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Puxa, o teu relato me fez pensar na profundidade da situação. Eu ficaria maluca se não pudesse mais ter contato com minhas irmãs... mas isso é na nossa cultura. As indianas e seus familiares, apesar de sofrerem, estão preparados para isso, sabem que vai acontecer.
    Beijos,
    Ana
    wwww.viagensebeleza.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade eles estão preparados para isso. No Punjab eles costumam dizer que a filha não pertence à casa onde nasceu. Os pais tem a função de educar, cuidar, mas ela pertence à outra família.

      Excluir
  3. Fiquei triste só em ler esse post. Mas eu tenho curiosidade de saber: Esse sistema de a moça ir morar na casa dos sogros ocorre em todas as classes sociais ou só entre os mais humildes? Ocorre o inverso, ou seja, de o homem ir morar na casa dos sogros, se ele for órfão? E se a moça for formada e tiver um emprego, como fica essa tradição de ela cuidar dos sogros, da casa deles, etc? Há situações onde o casal vai morar numa casa só deles? Acho que toda regra tem sua exceção.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, Star! Na minha familia, minha "Bhabi" quase nao vai visitar os pais com a mesma frequencia que uma brasileira casada faria, mas algumas vezes por ano ela vai la. Outras vezes, uma das irmas dela vem visita-la na casa dos meus sogros. A pergunta da Sonya sobre o rapaz orfao foi interessante, mas tambem nao saberia responder. Afinal, deve ter uma regra para tudo. Desde que ele tenha dinheiro, todas as regras podem ser quebradas. Eh assim que funciona na India, na maioria dos casos. Vou tentar responder baseado na minha experiencia. Em relacao as mocas que sao formadas e tem um emprego, infelizmente, a maioria abandona o emprego para se casar ou, se nao, apos a maternidade. Porem, claro, ha aquelas que vivem com os sogros e ainda assim trabalham foram. Os sogros cuidam dos netos e, geralmente, eles tem empregados em casa. No meu caso, como eu e meu esposo trabalhamos em outro estado, nos moramos sozinhos. E, mesmo quando moravamos a 1 hora da casa dos meus sogros, mas meu esposo trabalhava em outra cidade, iamos la nos fins de semana, geralmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, deu para matar minha curiosidade. Obrigada.

      Excluir
    2. Obrigada, Por compartilhar sua experiência e conhecimento com a gente muito bem colocados!

      E me desculpe, Sônya, pois só vi agora os comentários desse post.

      Meninas, sobre a questão do órfao, geralmente ele é criado por um tio ou alguém que cuidou dele. E se mesmo assim ele não tiver ninguém ele trará a esposa para viver na casa dele.

      Morar com os pais do noivo independe de classe social , tanto rico quanto pobre pode seguir esse costume. Mas é claro como foi mencionado, com dinheiro você consegue tudo, principalmente morar em casa separada da família do marido.

      Raramente o marido vai viver na casa dos pais da noiva, para eles é uma grande Vergonha e humilhação.

      Excluir