Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

domingo, 25 de setembro de 2016

Mulheres que escolheram a Índia para viver


São muitas as estrangeiras (além das brasileiras) que decidem viver na Índia com seus maridos indianos. Muitas americanas, australianas, europeias, latinas também fazem essa escolha. Cada pessoa tem uma razão para viver na Índia e parece que elas acertaram na decisão. Coloquei dois vídeos que mostram o estilo de vida das estrangeiras que decidiram viver na Índia. 

Lauren, saiu de UK e vive na Índia com o marido.

Sharell Cook, deixou a Austrália para viver na Índia desde 2005. Ela tinha um blog onde contava sua experiência e casamento, mas hoje mudou o foco da vida pessoal para o trabalho e abriu sua agência de viagens na Índia.



Maya, peruana e vive na Índia com o marido e filhos do casal.


Precisamos acabar com o estereótipo de que aqueles que optaram por viver na Índia estão levando uma vida difícil. Não importa de qual país a esposa seja, se o marido tem uma vida confortável na Índia eles tem todo o direito de viver lá e se a mulher trabalha fora é porque o marido sabe que a esposa ocidental foi educada de uma maneira diferente e isso faz parte da cultura dela. Nós mulheres ocidentais temos outro ritmo de vida, que atire a primeira pedra aquela que sempre trabalhou fora e quando se tornou do lar sentiu uma pontinha de arrependimento por ter deixado o trabalho. Com o tempo se acostuma, mas é difícil ou não é deixar de trabalhar fora? Não julgue aquelas que vivem na Índia e trabalham fora, assim como aquelas se deixaram seus empregos e hoje são do lar. Cada um sabe de si.

Abraços

4 comentários:

  1. Pois é, Star, concordo com você. Já li MUITOS comentários negativos sobre os casamentos entre brasileiras e indianos, mas penso que saem de pessoas frustradas, que passaram por uma experiência traumática num relacionamento desses. Toda regra tem suas exceções. Se a maioria das brasileiras se deram mal com os indianos, mas há muitos casais que são felizes, vivem bem aqui ou lá na ìndia, que tem uma união abençoada. Meu conselho para quem está tentando um casamento desses: liga para os comentários negativos não! Procure conhecer BEM o seu indiano e a cultura dele, e deixa Deus abençoar o resto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sonya adorei seu comentário! É isso mesmo! Cabe à pessoa conhecer bem seu indiano, cultura. Além disso muitas falam mal mesmo sem nunca terem vivenciado essa experiência de viver com um indiano seja no Brasil ou mesmo na Índia.
      Beijos

      Excluir
  2. Ola, Star! Sim...ha muitas estrangeiras casadas com indianos. Eu faco parte de uma comunidade aqui em Mumbai de estrangeiras casadas com indianos e nele, tem americanas, suecas, japonesas, espanholas, brasileiras, gregas!!Tem de tudo!A maioria ja esta aqui ha bastante tempo e ja tem ate filhos crescidos. Fico passada quando as pessoas comentam no meu canal coisas do tipo: "Nooossa...nao acredito que tu largou o Brasil para viver neste fim de mundo!". Em 1o lugar, a escolha foi minha e, em segundo, eu nem morava no Brasil quando vim para a India, morava no Japao. Mas, quando sai do Brasil para morar no Japao, os meus vizinhos brasileiros disseram: "Noossa...que maravilha! Se fosse voce, nem voltava mais pra ca, viu?". Acho que isso daria um post...Bem, o que quero dizer eh que a pessoa precisa sim de uma boa base cultural e educacional para que seu casamento inter-cultural de certo. Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é as pessoas falam sem saber. Até meu marido já ouviu várias vezes, e pasme, de brasileiro: " nossa, mas você foi louco! Deixou tudo para trás e veio para o Brasil" .

      Doeu demais ouvir isso porque não , ele não foi louco, foi tudo planejado, mas várias vezes brasileiros disseram isso.

      Quanto à sua escolha, nem no Brasil você morava mais, já vivia fora há muito tempo e a Índia é o lugar que vocês escolheram, não faria sentido voltar para o Brasil depois de anos sem um planejamento a longo prazo, até porque a economia da Índia é mais estável do que a brasileira.

      Quem fala demais não paga nossas contas e ainda quer planejar nossa vida e orçamentos!

      Beijos!

      Excluir