Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Cortiço virtual

Não sei o que está acontecendo, mas venho notando a presença de algumas pessoas que tem prazer em fofocar e vigiar a vida de quem tem relacionamento com indiano e gosta de escrever sobre relacionamentos interculturais. Não me refiro às pessoas que acompanham o blog, mas a uma nova geração que começou a se interessar pelo assunto e acha que conversar em grupos de facebook com mulheres que a cada semana trocam de namorado virtual seja o caminho para dominar o assunto. Assim essas pessoas colocam em dúvida tudo o que é dito como se somente a verdade delas fosse absoluta.

Eu conheço de longe o perfil dessas pessoas que chegam de mansinho para investigar de graça a vida alheia, como se elas tivessem o "direito" de saber todos os detalhes e terem todas as suas perguntas capciosas respondidas.

São pessoas dissimuladas, que invadem a intimidade do outro, ironizam e são sarcásticas. Ao final de cada pergunta capciosa colocam uma frase ou palavra gentil para dissimular a intenção de ofender. Isso é coisa de pessoa doente, obcecada.  

Por que essas pessoas não abrem o próprio blog ou canal e contam todas as suas intimidades, já que elas entendem tanto do assunto?

O fato da pessoa ter blog ou canal não dá o direito de ter sua privacidade invadida. Não é porque a pessoa se dedica a falar sobre a cultura ou relacionamento com indiano que precisa divulgar detalhes de sua vida íntima. E ninguém tem o direito de exigir isso.

Por exemplo,  não gosto de ter fotos minha e de minha família na internet e o fato de ter blog não me obriga a isso. Já passei da fase de publicar minha vida e fotos familiares em redes sociais, mas cansei disso, simplesmente cansei. O que eu gosto mesmo é de escrever.

Sei que pessoas de boa-fé tem curiosidade, e acho isso normal, converso com o maior prazer. 

Mas aquelas que só querem vigiar, meu recado:  continuarei assim.

Agradeço a todos que me acompanham há tanto tempo! Agradeço a vocês também que acabaram de chegar!

Mas aquelas que só querem confusão, contenham a curiosidade. Vocês não sabem nem mais e nem menos do que deveriam saber. 


Abraços

9 comentários:

  1. Apoiado Star!
    Expor a vida pessoal na internet é uma opção, ninguém é obrigado a isso, mesmo tendo blog ou canal. Se mesmo não se expondo, as pessoas se acham no direito de se meter, imagine o contrário.
    Como você sabe, eu também tenho um blog e um canal, onde escrevo/falo sobre minhas experiências de viagens, por isso, não tenho como não aparecer, mas apenas exponho a minha imagem, não a minha vida pessoal, relacionamento, família, casa...
    Eu também já tive a fase de me expor um pouco e não foi nada legal! Atraiu muita coisa ruim!
    Hoje, mostro as viagens e alguns produtos que eu uso, apenas por conta do blog/canal, mas de longe que a minha vida não é apenas isto!
    Beijinhos,
    Ana
    www.viagensebeleza.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ana, também vejo isso como opção.
      Acho válido a pessoa ter um perfil transparente, como também acho válido a pessoa manter a privacidade, dependendo de cada caso. Eu tirei todas as fotos pessoais do início do blog porque aqui escrevo sobre coisas da minha vida relacionada à cultura indiana. Você por exemplo, fala sobre viagens e beleza, e o fato de aparecer não interfere na vida pessoal, e eu adoro suas resenhas e seus vídeos de viagens!

      Nós temos fases, às vezes queremos contar ao mundo outras vezes queremos ficar no nosso canto, e agora estou na fase de ficar no meu canto hahah

      Beijos!!!

      Excluir
  2. Sim, somos feitas de fases...mas uma coisa é certa, se expor muito na internet tem um preço alto. Quem está disposto a pagar ou nãos e importa ok. Cada um do seu jeito!
    Obrigada também pelos elogios.
    Eu adoro o teu blog, o que interessa é o conteúdo e vc não precisa se expor mesmo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ana!!
      Eu tenho vontade sim de me abrir um pouco mais mas depois a vontade passa ainda mais quando me sinto forçada, aí que não faço mesmo kkk

      Muito obrigada!
      Bejjos

      Excluir
  3. Star, isso não ocorre só com vocês que tem blog e canal, mas ocorre também com quem faz algum comentário nesses locais. Há pessoas que acompanham os comentários para detonar e detonar, ridicularizar, envergonhar o comentarista, como se fossem donos da verdade. Já vi uma comentarista de um canal passar uma situação exatamente como você descreveu no parágrafo em negrito desse post. A tal 'sabichona' parecia mesmo ser esquizofrênica, doente mental. Às vezes nem vale a pena brigar com essa gente. Essas pessoas não conhecem o significado do ditado árabe: 'OS CÃES LADRAM E A CARAVANA PASSA'. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sonya, pois é, também já vi gente ofendendo horrores alguém que fez determinado comentário, principalmente nas redes sociais.
      As pessoas andam muito intolerantes com quem pensa diferente, chega a ser uma agressividade além do normal, coisa doentia mesmo.
      beijos,
      Ana
      www.viagensebeleza.com

      Excluir
    2. É verdade, meninas. Também vejo isso acontecer com aqueles que fazem simples comentários. Acho que presenciamos as mesmas situações, já vi esse tipo de coisa, infelizmente.
      Beijos !

      Excluir
  4. Ola, Star!! Tem aparecido umas figuras doentias assim la no meu canal. Outro dia, tive que denunciar, porque a pessoa estava mesmo me ofendendo. E, recentemente, veio uma moca perguntando sobre o seu canal e o porque de voce nunca se expor. Eu disse que seu blog era um os mais idoneos e o fato de nao se expor era uma opcao pessoal. Eu mesma, apareco nos videos, mas nao gosto de fazer video com marido (muita gente pede), falar de coisas muito pessoais, etc. E,pretendo focar meu canal novamente para a parte de turismo e informacao sobre a India, porque de cacadora de indianos, ja estou de saco cheio!Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, percebi algumas figuras doentias que estão em todos os canais relacionados a cultural árabe, turca e indiana. Uma obsessão, algo preocupante. Se fazem de "amigas" mas falam da gente por trás. Essa mesma moça a qual perguntou de mim, perguntou de você em outro canal sobre o porquê de você não falar sobre seu esposo, mas a dona do canal muito inteligente e sensata não caiu na armadilha.

      E faça aquilo que tiver vontade, mas não por insistência de alguém que acabou de pegar o trem e já quer sentar na janela.

      Você já deve ter visto o que aconteceu com o canal sobrevivendo na Turquia, vejo comentários de pessoas doentes que sabem tudo da vida dela ( que assistiram os vídeos um por um) e agora se sentem no direito de palpitar e criticar a vida pessoal dela e de casa membro da família. Essas haters são tão doidas que começaram a atacar a dona do canal, depois a conversa mudou o rumo e começaram se atacar umas as outras Hahahah

      É repugnante o quanto algumas pessoas EXIGEM e acham que somos obrigadas a expor tudo o que elas querem.


      Como você disse, mudar o foco é a melhor coisa, deixar para falar esporadicamente sobre relacionamento ou uma ajuda particular e que esses vampiros procurem outro lugar para sugar energia.

      Bejjos



      Excluir