Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mortos na Índia em decorrência de inundações podem chegar a 8.000

Muito triste os últimos acontecimentos no Norte da Índia.  Como temos família em Uttarakhand (principal acesso para chegar ao Himalaia) a preocupação foi grande mas por Deus todos estão bem porque esse ano ninguém fez a viagem ao templo sikh no Himalaia.

Muitos devem estar pensando "Mas se é uma época de monções e o risco de deslizamento é grande, por que as pessoas insistem em seguir a viagem ao Himalaia ?

Porque é uma época do ano muito importante para os sikhs (eles vão até um local sagrado chamado de Hemkunt Sahib Ji que fica no Himalaia) hindus e também muitos turistas que pretendem visitar o Vale das Flores.  O lugar é um paraíso. Os indianos chamam essa peregrinação de yatra. Esse ano as monções chegaram antes do esperado. Todo sikh tem o desejo de comparecer a esse lugar pelo menos uma vez na vida. Aqueles que podem comparecem todos os anos.
(Preciso encontrar meu pen drive e colocar as fotos que tenho desse lugar. Enquanto não encontro as fotos, vou deixar aqui fotos do google)


Durante oito meses do ano, este "lago de gelo 'é inacessível, e a sua água congela sob a neve. Por isso o Hemkunt Sahib abre todos os anos 1 de junho e fecha dia 5 de outubro e só reabre suas portas no ano seguinte. Quando as chuvas de monções começam, o gelo e a neve derretem, musgos e flores silvestres colorem sua margem. É aí que vem a beleza do Vale das Flores, a parte tão esperada pelos turistas.

Veja como a nascente do rio Ganges tem a água limpinha e azul! Tenho fotos desse lugar e é assim mesmo!



Vale das Flores



Trilha para o Hemkun Sahib ji
Entre junho e outubro, os visitantes Hemkunt e o Vale das Flores viajam das planícies para as colinas de ônibus, de carro, de caminhão, de moto, de bicicleta até mesmo a pé. Para os dois últimos dias da viagem alguns seguem a pé, e alguns seguem com o auxílio de mulas. Alguns visitantes fazem a viagem de forma individual, mas é comum irem em pequenos grupos, com amigos e familiares. A maioria dos visitantes Sikhs, no entanto, vão com membros de grandes grupos conhecidos como jathas. Eles são compostos de famílias, pessoas do mesmo bairro ou da congregação da mesma gurdwara.
Khalsa



A maioria dos visitantes acessam a região de Uttrakhand através da cidade de Haridwar conhecida como a "porta de entrada para Deus", ou através de Rishikesh. Ambas as cidades estão situadas nas margens do Ganges, onde as planícies encontram no sopé. A estrada em direção ao Hemkunt passa por Prayag Panch,as cinco confluências sagradas onde os principais afluentes se unem ao Ganges. Quando se passa pela última delas, a estrada continua ao longo do rio Alaknanda, seguindo a antiga rota para Badrinath. Localizado perto da nascente do rio, Badrinath é o mais importante templo hindu no Himalaia. Devido à sua proximidade com a fronteira com a China, o exército indiano tem gradualmente alargado a estrada deste centro de peregrinação, facilitando as viagens dos peregrinos.

Trinta quilômetros antes Badrinath, e mais de 250 km para além Rishikesh, a estrada passa para uma trilha a pé para Hemkunt e o Vale das Flores. Pra você ter uma ideia, os veículos podem cobrir essa mesma distância em 12 horas. Para aqueles poucos peregrinos que caminham pelas planícies, a viagem para o Hemkunt leva 40 dias. Todos precisam parar para uma ou mais noites ao longo da estrada. Meu marido quando vai, combina com todos os amigos, tem que levar comida, roupas apropriadas para o frio, mas o interessante é que no meio do caminho as gurdwaras oferecem comida e uma cama para passar a noite, e no outro dia seguir viagem. As gurdwaras sikhs supervisionam o funcionamento da peregrinação ao Hemkunt Sahib, oferecem alimentação e hospedagem em Haridwar, Rishikesh, Srinagar, e Joshimath.
.
 Depois, aos milhares, Sikhs sobem o caminho íngreme de pedra para o lago(sarovar) e se banham em suas águas geladas mas devem começar o retorno antes do pôr-do-sol.  Eles vão em recordação e oração para o lugar onde seu décimo Guru meditou e sentiu sua unidade com Deus. Também não permanecem muito tempo devido o ar rarefeito e a dificuldade pra respirar, a pressão, etc.

É muito comum retornarem pra casa com a água em garrafas de plástico para mais tarde distribuir aos amigos e familiares.

Para os hindus locais, o lago é conhecido como Lokpal, e o templo é dedicado ao deus Lakshman. Em dias de festa eles viajam para os vales do Himalaia para fazer oferendas e agradecer. Para os visitantes, sikhs e hindus da mesma forma, o lago e seus arredores são sagrados.

É também uma região muito procurada pelos turistas por ter o famoso Vale das Flores.
É uma jornada que dura dias percorrendo trilhas nas montanhas para chegar ao local sagrado do sikhismo, e o risco de deslizamento é muito grande por causa das fortes chuvas.

As pessoas que tem dificuldade para caminhar como idosos, crianças ou aquelas que tem alguma deficiência vão do mesmo jeito...carregadas em cestos de vime:






Este é o lugar de destino. Ao fundo está a gurdwara Shri Hemkunt Sahib Ji

Hemkunt Sahib Ji antes de abrir 

Hemkunt Sahib Ji na época das monções


Lago sagrado que os sikhs se banham, em frente a Gurdwara. A água nesse local é gelada 









 Os deslizamentos são frequentes nessa  região. Apesar de ser um lugar paradisíaco a viagem não é segura por causa das chuvas.


Link da notícia
http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2013/06/24/mortos-na-india-em-decorrencia-de-inundacoes-podem-chegar-a-8-mil.htm



5 comentários:

  1. E fantástico! Nao admira que nos sintamos mais perto de Deus num sítio destes!

    Meu marido nunca foi mas nos prometemos um ao outro que iremos fazer esta peregrinação um dia :)

    Um tristeza muito grande este ano as monções estarem a matar tanta gente, e assustador :( Pessoas tão pobres perderem o pouco que teem e centenas de pessoas de todas as idades perderem a vida.

    Eu fui a Rishikhesh e adorei, vi muitos turistas lá em retiro espiritual o que achei interessante :) ate tem lá barezinhos ao estilo ocidental, penso que devem ser de ocidentais que vivem lá.

    Queria muito ir a Srinagar, mas porque para ir lá demora-se uns dias nao fui porque nao nos podíamos afastar por muito tempo das coisas a serem feitas para legalizar o casamento ;(

    Mas também hei-lá ir, oh sim! :)

    Beijo, adorei o post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito lindo! Também acredito que um lugar desses só pode nos levar mais perto de Deus!

      Meu marido ia todos os anos e quando chega essa época do ano ele fica lembrando a yatra para o Hemkunt porque agora ele não está na Índia então ele sente muita falta. Eu tenho o sonho de fazer essa peregrinação um dia, fico imaginando a maravilha desse lugar!

      Eu também quero muito conhecer esses lugares, vejo as fotos e fico aqui imaginando o dia que hei de visitar hehe

      Quando a parte burocrática do casamento ser resolvida vocês vão poder curtir muito e conhecer esses lugares lindos! O norte da índia realmente também tem lugares lindos para serem visitados!!

      Beijos!!!

      Excluir
  2. Adorei o post, Star!O lugar é realmente a imagem que muitos de nós temos do paraíso, sem dúvidas. Realmente é muito triste o que aconteceu. Que Deus possa trazer consolo ao coração dos familiares daqueles que se foram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana!! Obrigada! Eu queria ter falado sobre esse lugar tão belo em outro post mas infelizmente isso aconteceu na região. É triste mesmo. Que Deus conforte a todos os familiares.
      Beijos

      Excluir
  3. Nossa esse lugar e realmente lindo!! Não me admira muito por os turistas gostarem desse lugar... La e o máximo!

    ResponderExcluir