Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

História Antiga do Punjab

Punjab durante Mahabharata (uma das mais antigas literaturas em sânscrito)  era conhecido como Panchanad.  A civilização védica se situava ao longo do rio Sarasvati que cobria a maior parte do norte da Índia, incluindo Punjab. Esta civilização moldou culturas subseqüentes no subcontinente indiano.

Punjab era parte dos grandes impérios antigos, incluindo o Gandhara, Mahajanapadas, Nandas, Mauryas, Sungas, Kushans, Guptas, Palas, Gurjara-Pratiharas e Shahis hindu. O marco  da exploração de Alexandre o Grande foi ao longo do rio Indus. A agricultura progrediu e cidades comerciais (como Jalandhar e Ludhiana) cresceram em riqueza.

Devido à sua localização, a região de Punjab, sofreu ataques constantes e influências a partir do oeste e leste. Punjab enfrentou invasões dos persas, gregos, citas, turcos e afegãos. Isso resultou num testemunho de derramamento de sangue amargo ao longos do seculos.

Seu legado é uma cultura única que combina hindu, budista, persa  / zoroastriana, da Ásia Central, islâmico, Afeganistão, sikhs e elementos britânicos. Por muitos anos Punjab foi dominado pela Pérsia (atual Irã).


Zafarnama datado em AD 1872 - original em escrita Persa. Acredita-se ser escrito por Tota Rajaram, um cortesão de Maharaja Ranjit Singh  

A cidade de Taxila, no Paquistão (seu nome deriva de Takṣa, que era o filho de Bharata, o irmão de Rama, e Mandavi) tinha a fama de abrigar a universidade mais antiga do mundo, Takshashila University, e um dos grandes professores foi o pensador védico e político Chanakya .

Taxila foi um grande centro de discussão e aprendizagem intelectual durante o Império Maurya. É um sítio do Patrimônio Mundial da ONU.

De particular importância foram os períodos de contato entre Punjab e vários impérios persas quando parte dele tornou-se integrado ao próprio império ou era uma região autônoma que pagava impostos para o rei persa. Nos séculos posteriores, a língua do governo Mughal era persa.  A arquitetura, poesia, arte e música persa eram parte integrante da cultura da região. A língua oficial do Punjab permaneceu Persa até a chegada dos britânicos em meados do século 19, onde foi finalmente abolida e a linguagem  foi alterada para urdu.


Zafarnama - Carta escrita em persa pelo Guru Gobind Singh para o imperador Aurangzeb   

Nenhum comentário:

Postar um comentário