Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Para as meninas que tem um amor virtual

Olá! Tudo bem com vocês??

Eu queria ter uma fórmula mas não tenho..mas vou tentar usar as palavras certas. Talvez o que eu escreva aqui tenha sentido pra vocês, talvez não. Mas eu quero tentar ajudar a esclarecer alguns pontos, algumas dúvidas. Pra quem está no começo do namoro virtual talvez seja mais fácil observar certas coisas que eu vou falar. Mas quem já estiver na paixonite aguda provavelmente vai ignorar tudo isso aqui..rsrs

Eu também já tive insegurança. Eu pensava que ele poderia não levar o relacionamento tão a sério...também já chorei muito, fiquei até doente por conta de um sumiço que ele deu uma vez..morria de medo da família não aceitar, ou de repente ele conhecer outra pessoa, sei lá..era tanta coisa que passava pela minha cabeça..

Mas eu insisti nesse relacionamento pois eu tinha que confiar no que ele fazia por mim. Às vezes ele pisava na bola em uma coisa, mas compensava em outra.

Vou começar pelos sumiços..quando o cara começa a desaparecer, fica dias sem entrar na net, dá desculpa de que não tem computador, ou a internet cai toda hora fique esperta...quando o cara quer, ele dá um jeito, avisa dizendo que não virá por alguns dias e o motivo, ou entra na internet do amigo ou usa uma das dezenas de lan houses que eles tem por lá e que eu saiba não é tão caro assim.

Um sumiço pode ser: uma noiva, ou ele conversa com várias na internet, ou já é casado.

Conhecer a família e apresentar aos amigos:
 Não sei se isso é regra, cada um tem uma criação, uma cultura. Eu sempre insistia muito pra conhecer a mãe e o pai. Pois eu via as meninas dizerem que o cara chamava os pais do nada e apresentava a moça para eles pela webcam...eu sonhava com esse momento, mas comigo foi diferente.. Ele demorou muito pra nos apresentar na cam. O pai dele não estava bem de saúde, e era verdade. Só os conheci mesmo pela internet quando ele veio para o Brasil. Não sei se era insegurança dele, ou o que se passava.

Teve uma vez que comecei a desconfiar dele, fiquei brava...aí ele ligou pra mim e disse pra falar com a mãe dele pelo telefone mesmo. Disse que fez isso porque eu estava desconfiada.  Quando conheci os pais na internet eles deram a benção..então fiquei sossegada. Portanto, conhecer a família ou não pela net não garante nada, mas por via das dúvidas é bom que ele apresente sim, pelo menos seu coração fica mais tranquilo. No meu caso eu exigi sim conhecer a família, afinal se a gente falava em casamento, eu tinha direito de conhecê-los.

Gente os indianos não pedem dinheiro pra mulher. Para eles é humilhante. E quem banca o casamento é o homem. Até a festa. Não acredite em homem que se faz de coitado e pede dinheiro na internet. Não dê dinheiro. Às vezes é uma mulher, um fake que se aproveita disso. Quando você vai ver não existe indiano nenhum ou o cara pede dinheiro e depois desaparece. Em 3 anos de namoro virtual eu nunca enviei dinheiro, ele nunca me pediu, nem mesmo pra comprar as passagens dele. Homem no Brasil paga a conta né! O oriental também e se duvidar paga 2x só pra você não abrir a carteira.

Não seja boba!!

Desconfie se ele conversa com outras brasileiras. Não é bom sinal.
E também não adianta você ficar adicionando os amigos dele achando que vai descobrir alguma coisa ou se sentir mais íntima e conhecer melhor a cultura. Você só vai queimar seu filme. Isso gera ciúme dele e desconfiança. Eu já cheguei a cometer esse erro e isso só atrapalha.   Então comecei a mostrar que me importava com a opinião dele e não tinha a intenção de conhecer outro indiano e arrumei um jeito de mostrar isso..se algum indiano me adicionava, eu dizia pra ele que fulano estava me adicionando, e queria saber se ele conhecia.Se fosse amigo dele, eu perguntava se eu podia aceitar. Se não fosse, eu não aceitava e deixava bem claro isso.

Acho que a gente deve fazer a nossa parte também...e com jeitinho conseguimos o que a gente quer. Pois da mesma forma que temos nossa insegurança, eles também tem..ainda mais se aparece um monte de mensagem de rapazes na sua página. Você tem que passar segurança pra ele também.

Pedidos estranhos na webcam, fotos de bikini, etc não mostram o amor dele por você. Depois ele vai ficar mostrando para os amigos e você não sabe se ele está com um monte de gente atrás do computador te assistindo e rindo da sua cara. Não adianta ele vir com a história de que é seu noivo, namorado, e tem direitos sobre você. Ele não tem direito nenhum. Quem garante que ele não vai fazer um vídeo e colocar na net?? Saiba se impor. As indianas sabem impor respeito muito bem..e nós também sabemos! Veja se eles ficam assim com as indianas? Claro que nem todas são santas..mas é mais difícil..muitos nem tentam!

 Indiano respeita a mulher que será a esposa dele. Um indiano de caráter espera o momento chegar, sonha com o dia que ele vai ter uma mulher só pra ele, na intimidade e não na tela de um computador.

Desconfie das centenas de feriados e você só fica sabendo depois, das vezes que ele não atende o celular, se ele não manda fotos recentes, se tem poucos amigos na lista. Talvez ele realmente não possa estar online..ou por motivo de viagem ou é casamento de um amigo, depois casamento do vizinho..depois feriado,  etc..mas ele pode avisar se quiser, mesmo que por mensagem offline. E quando você precisar, faça isso também, deixe avisado de que não virá. Mesmo que ele não faça com você, mas procure dar o primeiro passo.

Acho que só uma vez ele deu sumiço. Se sumiu outras vezes no início não me lembro, até porque eu não prestava atenção nisso, afinal ele era apenas um amigo pra mim. Nunca imaginei que poderia me apaixonar!  Foi na época que ele perdeu o celular, e disse que não veio online porque estava doente, bla bla bla..sumiu por umas 2 semanas ele não entrou em contato comigo..eu chorei muitooo, fiquei doente mesmo, foi horrível...mandei milhares de mensagens offline falei um monte, disse adeus..mandei mensagem para o primo perguntando dele, ninguém sabia onde ele estava, fiquei com raiva, imaginei milhares de coisas, que ele tinha se casado com outra e nem me falou nada, que estavam mentindo pra mim etc..de repente ele me liga no celular e disse que estava doente e sem celular...ok acreditei, afinal ele veio dar uma satisfação, ele nunca havia feito isso antes (apesar de até hoje eu achar que ele inventou que ficou doente em outra cidade para fugir de um casamento arranjado e não conhecer a moça)

Gente só acho que quando a pessoa não tem motivos sérios nada impede de te dizer onde está ou porque não veio online. Claro que desconfiei mas o alívio de ele ter dado uma satisfação me acalmou. Infelizmente a distância nos dá uma insegurança enorme.

Não se deixe levar pela religião. Infelizmente muitos se escondem atrás de uma religião e fazem coisas erradas.

Não fique ligando para o bofe todo dia, toda hora, enchendo o saco,  para reclamar, fazer cobranças toda hora. Ou dizer te amo toda hora. Homem é homem em qualquer lugar do mundo. E homem odeia isso.

Ligue de vez em quando pra falar algo rápido, romântico.. já é o suficiente pra ele lembrar de você e ficar com vontade de ouvir novamente sua voz...ficar com saudade! Mas nada de ficar enchendo o saco do cara..no trabalho, em casa, ou quando ele estiver com os amigos, encher de e-mail, sms..etc

Se você ligar, custa nada perguntar se ele pode falar, se está muito ocupado..se ele estiver com os amigos converse bem rapidinho..homem odeia ser interrompido quando está com os amigos. Se ele disser que está ocupado, ligue no outro dia ou espere ele vir online. Até porque a ligação é cara.. não dá pra ficar tanto tempo no telefone rs

Eu não tenho a fórmula do relacionamento de internet até porque eu também passei por muita coisa pra chegar aqui mas acho que quando a gente se envolve pela internet deve agir da mesma forma que um relacionamento normal. Saber por que a pessoa não veio online, receber alguma satisfação, ter alguma demonstração de confiança.....e nós também devemos fazer nossa parte, passar confiança também. Não ter um monte de indianos, árabes, etc no perfil e não ter fotos sensuais já é um bom começo pra desenvolver uma relação de respeito.

Também já morri de ciúmes e tive que me conter, não demonstrar, respirar fundo...também tive dias que não me contive e soltei o verbo ...já pensei em deixar tudo pra trás e ir pra India..também já brigamos, fizemos as pazes...já tive minhas desconfianças,...mas sabe quando eu percebi que a relação era pra valer? Quando eu percebi que chegamos num ponto em que ele me conhecia realmente, o que seu sentia, eu podia contar meus problemas, eu podia pedir um conselho, coisas que nunca conversei com ninguém, momentos felizes e tristes. Eu não me sentia mais sozinha. Mesmo longe eu sentia como se ele estivesse sempre comigo!!

 Se algo dava errado, era pra ele que eu vinha contar. Se algo de bom acontecia, ele era a primeira pessoa a saber. As conversas saíram do eu te amo, não sei viver sem você, para algo mais profundo e realista, passamos a dividir o dia a dia..onde eu ia, o que eu fiz..e ele também dividia comigo. Foi aí que vi cumplicidade. Foi aí que percebi que não era uma paixonite, nos conhecíamos um ao outro e vimos que tínhamos coisas pra descobrir sobre o outro cada vez mais. Claro, na internet é tudo mais fácil se comparar na vida real onde tudo aparece de uma vez..e os nossos defeitos são vistos a olho nu. E a gente acha que na vida real vai ser sempre mais fácil..mero engano ! rs Mas veja os sinais que a pessoa te passa.

Sinceridade 100% acho que ninguém passa num relacionamento virtual. Isso é normal.  Mas ele atende suas ligações? Lembra do seu aniversário? Fala da vida dele pra você? Vem online com certa frequência? tem assuntos saudáveis e te respeita? Analise cada coisa que ele faz por você e coloque na balança. Claro que cada um tem seu tempo. Mas acho que isso é o básico em um relacionamento virtual.

A gente sabe que relacionamento não é receita de bolo..eu também procurei centenas de histórias na net, opiniões..mas resolvi seguir em frente e acreditar, fazer a minha parte. Muitas histórias em vários blogs me deixaram preocupada, outras me deram incentivo...mas na vida tudo é assim..a gente precisa arriscar..mas com um pezinho no céu e o outro no chão, ok?!!

Beijos!!!



6 comentários:

  1. Voce sempre me dá a palavra certa no momento preciso sabia??!!Obrigada....
    Beijocas mil!! Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que bom saber disso!! Eu que agradeço! Beijoss!!!

      Excluir
  2. Amigaaaa, vc é uma escritora nata! Perfeito!
    Já pensou em escrever um livro?
    Sensasional o seu recado.
    Beijo grande, Paloma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe obrigada!!
      Que bom que gostou do post!!! gostei da idéia do livro!Quando começo escrever não paro mais rsrs rs
      beijosss

      Excluir
  3. É por aí mesmo... São tantos os detalhes de se relacionar virtualmente que dá para escrever um livro com todas as dicas válidas. Já passei por isso também. Mas mesmo seguindo todas as dicas possíveis, quando a pessoa quer enganar, infelizmente consegue, pois tem gente que, mesmo com a luz vermelha de alerta ligado e piscando, ignora todas os sinais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem colocado!! Concordo com você. Infelizmente não tem como saber se algo de errado pode acontecer pois o ser humano é surpreendente. E o mundo está cheio de homens que se sairiam muito bem na carreira atores. Por isso quando a pessoa está no início de uma relação, tem tendência a ser mais racional. Mas quando já atingiu o grau da paixão, pode acontecer o que for e a pessoa vai ignorar qualquer sinal achando que um dia tudo vai mudar. É complicado..e infelizmente não há uma fórmula pra resolver isso..a gente só tenta explicar tudo numa visão mais realista..mas aí vai de cada um. O que mais quero é que muitos relacionamentos dêem certo pois nós mulheres sabemos que um namoro à distância, não é fácil..
      beijos!!

      Excluir